Lockdown continua no Ceará com novo decreto prorrogado até dia 12

No último domingo, 4, o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), declarou que o lockdown será mantido no Estado até o dia 12 de abril. Desta data em diante, ficará autorizado o retorno gradativo das atividades não essenciais.

Lockdown continua no Ceará com novo decreto prorrogado até dia 12
Lockdown continua no Ceará com novo decreto prorrogado até dia 12. (Imagem: Reprodução/Google)

A decisão foi tomada durante uma reunião na presença do comitê técnico científico do Governo do Ceará, junto a autoridades sanitárias, representantes do Ministério Público e do setor econômico, bem como o prefeito da capital, Fortaleza, José Sarto Nogueira (PDT).

Na ocasião, o governador Camilo Santana, comunicou que ao longo desta semana serão realizadas uma série de reuniões com a participação de representantes do setores mais afetados pelas medidas de prevenção à pandemia da Covid-19.

Estes encontros serão cruciais para instigar a elaboração de propostas para efetivar o retorno integral dos estabelecimentos comerciais e de prestação de serviços.

O governador reforçou que o isolamento social foi capaz de demonstrar um resultado surpreendente, influenciando no equilíbrio na busca por atendimento à saúde, bem como, no número de contaminações pelo vírus. Sendo assim, a manutenção do vírus durante mais uma semana tem o intuito de assegurar que a redução dos casos de Covid-19 prevaleça.

“Estamos anunciando o início da flexibilização das atividades não essenciais no Ceará a partir do dia 12 de abril. Estamos em uma tendência de redução de casos, de transmissão e de pressão assistencial no setor da saúde, porém com números ainda muito altos.

“Por isso, durante a semana vamos abrir novos leitos, aumentar a capacidade de atendimento assistencial e sentar com os representantes dos setores econômicos para discutir o início da retomada das atividades não essenciais a partir da outra segunda-feira”, continuou.

Em complemento, o prefeito de Fortaleza, José Sarto Nogueira, afirmou todas as declarações do governador ao informar que realmente houve uma queda significativa nos casos de Covid-19 na capital cearense.

“Isso  os profissionais da saúde que estão na linha de frente compreendem muito bem porque estes números são favoráveis, mas precisamos de uma margem de segurança”.

A decisão foi anunciada somente no domingo de Páscoa devido à necessidade de apurar e analisar os índices durante três dias seguidos, no intuito de decidir sobre a manutenção ou não do lockdown.

Vale ressaltar que o Estado do Ceará permanece sob um rígido decreto desde o dia 13 de março, data em que o governador Camilo Santana declarou o lockdown. A capital, Fortaleza, aderiu a medidas ainda mais rígidas uma semana antes da data mencionada, mais precisamente, no dia 4 de março.

Ao longo deste período o ficou autorizado somente o funcionamento de atividades essenciais, como farmácias e supermercados. 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.