ENEM: Como 28 candidatos conseguiram chegar a nota 1.000?

Apenas 28 estudantes tiraram a nota máxima, 1.000 pontos, na redação do ENEM 2020. O que é um número bem menor do que o ano anterior e pode ser reflexo do alto índice de abstenções. Entenda agora como esses candidatos chegaram a esse desempenho.

ENEM: Como 28 candidatos conseguiram chegar a nota 1.000?
ENEM: Como 28 candidatos conseguiram chegar a nota 1.000? (Imagem/Reprodução: Google)

Se de um lado o desempenho geral dos estudantes foi melhor do que na educação de 2019, do outro, apenas 28 participantes atingiram a nota máxima na redação.

No Exame Nacional do Ensino Médio de 2019 foram 53 notas máximas no texto dissertativo-argumentativo.

Desempenho dos estudantes na redação do ENEM 2020

Antes de tudo é preciso entender que o desempenho na redação do Exame é avaliado com base em 5 competências e a nota atribuída pode ir de 0 a 1.000 pontos.  

Junto com a divulgação das notas, o INEP também publicou os dados gerais sobre o desempenho dos estudantes na prova de redação, confira abaixo:

A nota média que os estudantes atingiram no texto foi 588,74 pontos. Quanto a nota zero, tivemos uma redução do número de redações zeradas; que passou de quase 143 mil em 2019 para 87.567 (3,22% dos participantes).

Os motivos das notas zero são variados, mas previstos no edital do exame:

  • Fuga do tema (quando o estudante não corresponde ao que foi proposto na redação);
  • Cópia dos textos motivadores (que deveriam servir apenas como suporte);
  • Produção insuficiente (textos com menos de 7 linhas);
  • Fuga do tipo textual (o texto deveria ser dissertativo-argumentativo);
  • Parte desconectada (ou seja, partes do texto que não fazem relação com outras);
  • Textos em branco;
  • Outros motivos.

Como 28 candidatos tiraram mil na redação?

A tão sonhada nota mil na redação do Enem vai ter que ficar para a próxima edição para a maioria dos estudantes que fez a prova, já que apenas 28 estudantes em todo o país atingiram a nota máxima.

Confira agora o que fala o estudante de Direito Savicevic Ortega Silva de Melo.

O estudante usou diversas citações para dar credibilidade ao seu texto:

“citei o geógrafo Milton Santos e o historiador Sérgio Buarque de Holanda. Falei da tela Os Retirantes, de Cândido Portinari”, afirmou o estudante, Savicevic.

Já para a estudante Ludmila Mendonça, a prática de produção textual foi um diferencial.

 Minha professora incentivava muito a prática constante e hoje vejo o quanto foi importante. Além disso, construir um repertório sociocultural é algo desenvolvido ao longo dos anos”, pontuou Ludmila.

 Acompanhe a editoria de carreiras do FDR e fique bem informado.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jamille Novaes
Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha como professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora da editoria de carreiras do portal FDR. Jamille utiliza sua experiência na área da educação para cobrir notícias sobre cursos, vestibulares, empregos e concursos.