Governo cogita cancelar SAEB 2021 afetando diretamente o ENEM

O Sistema de Avaliação da Educação Básica faz a avaliação da educação no nível fundamental, 2º, 5º e 9º anos, e médio, 3º ano. A previsão era de que o SAEB fosse modificado em 2021, mas agora, corre o risco de não ser realizado, por conta do ENEM.

Governo cogita cancelar SAEB 2021 afetando diretamente o ENEM
Governo cogita cancelar SAEB 2021 afetando diretamente o ENEM (Imagem/Reprodução: Google)

Fontes internas do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) confirmaram que o Ministério da educação está pensando em cancelar a realização do SAEB em 2021.

A justificativa para esse cancelamento seriam as limitações que a pandemia trouxe para toda a sociedade e a redução orçamentária que o MEC sofreu.

Afinal, o que é o SAEB?

O Sistema de Avaliação da Educação Básica é uma espécie de “termômetro” da educação básica brasileira. O objetivo central é fazer a avaliação dos níveis de aprendizados dos estudantes inseridos nessa etapa.

Ele é realizado a cada dois anos, é formado por provas de matemática e língua portuguesa.

O resultado do desempenho dos estudantes é inserido, juntamente com dados sobre aprovação escolar, no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica.

SAEB mais parecido com o ENEM, mudanças

O SAEB, segundo os planos do MEC, seguiria os mesmos passos do ENEM.

Que inicialmente seria apenas um avaliador do ensino médio, mas aos poucos se tornou uma das principais portas de entrada no ensino superior.

Essa transição aconteceria já em 2021, mas agora, com a possibilidade de cancelamento, pode ser que seja adiada.

Caso essa “nova função” do Sistema de Avaliação da Educação Básica seja efetivada, os estudantes brasileiros terão as chances de ingressar no ensino superior aumentadas.

Além disso, em 2020 o Ministério da Educação anunciou as seguintes alterações para a próxima edição do SAEB:

  • Avaliação gradual de todos os anos da educação básica;
  • As avaliações passariam a ser realizadas todos os anos e não mais de dois em dois;
  • Apenas a educação infantil seria avaliada a cada dois anos, por meio de aplicação de questionários eletrônicos;
  • As provas seriam das quatro áreas do conhecimento: Ciências Humanas, Ciências da Natureza, Matemática, Linguagens e Códigos;
  • As notas fariam parte do ENEM Seriado;
  • Aplicação digital.

Continue bem informado, acompanhe a editoria de carreiras do FDR.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jamille Novaes
Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha como professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora da editoria de carreiras do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA