Bahia inicia pagamento do vale-alimentação escolar para rede estadual

O Governo da Bahia decidiu antecipar o pagamento do vale-alimentação escolar para os estudantes da rede estadual de ensino. Além disso, um novo programa assistencial foi anunciado por Rui Costa.

Bahia inicia pagamento do vale-alimentação escolar para rede estadual
Bahia inicia pagamento do vale-alimentação escolar para rede estadual (Imagem/Reprodução: Google)

Estudantes da rede estadual de ensino da Bahia já podem fazer uso do vale-alimentação escolar, desde a última semana.

Vale-alimentação escolar na Bahia

Com investimento de R$ 44 milhões em recursos do próprio estado, cerca de 800 mil estudantes da rede estadual de ensino têm direito a receber mais uma parcela do vale-alimentação escolar.

O valor referente a merenda escolar é pago para o estudante matriculado e frequente nas aulas virtuais.

O valor de R$ 55 é pago como uma ajuda de custo para compra de gêneros alimentícios, a livre escolha do estudante.

São 20 mil estabelecimentos que recebem o cartão com Bandeira Alelo em toda a Bahia. Para maiores informações, entre em contato pelo telefone: 4004 – 7733.

Novo programa assistencial na Bahia

Semanas atrás, em coletiva virtual, o governador da Bahia, Rui Costa, anunciou a criação do Programa Estado Solidário.

Entre as medidas previstas estão:

  • Contratação de 52 mil alunos de escolas estaduais que queiram trabalhar como monitores, com direito à recebimento de bolsa;
  • Três meses de pagamento de auxílio alimentação, iniciado a partir de 23 de março;
  • R$ 150 em auxilio para as famílias inscritas no CadÚnico.

Para ter direito a um desses benefícios, além dos critérios estabelecidos em cada um deles, o estudante precisa ser assíduo nas aulas remotas, iniciadas em 15 de fevereiro.

A primeira ação, aprovada pela Assembleia Legislativa, a ser realizada vai ser a monitoria, afirmou o governador.

“Se você é aluno da rede estadual, poderá se inscrever. Procure as informações na sua escola. São 52 mil alunos que receberão ate dezembro uma bolsa para que possa apoiar seus colegas. Nesse momento, o apoio pode ser via whatsapp, marcando um encontro na escola, via internet, para a gente compartilhar conhecimento e esclarecer dúvidas de alunos. Esses monitores servirão de apoio para que a gente recupere o tempo perdido e possa acelerar esse ano e fazer dois anos em um”, disse Rui Costa.

Continue bem informado, acompanhe a editoria de carreiras do FDR.

Jamille NovaesJamille Novaes
Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha com professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora da editoria de carreiras do portal FDR.