PicPay encerra distribuição dos rendimentos com 210% do CDI

O PicPay encerrou a distribuição dos rendimentos com 210% do CDI. A campanha oferecida durou meses e teve algumas prorrogações. A partir desta quinta-feira (18), a fintech passa a oferecer 150% do CDI aos clientes da carteira digital.

PicPay encerra distribuição dos rendimentos com 210% do CDI
PicPay encerra distribuição dos rendimentos com 210% do CDI (Imagem: Divulgação/PicPay)

Pelo site do PicPay, os clientes que acessarem as informações sobre o rendimento na carteira digital, encontrarão esta mensagem: “Todas as pessoas com saldo em carteira de até R$ 250 mil no PicPay alcançam rendimentos equivalentes a 150% do CDI, automaticamente, em todos os dias úteis”.

Apesar da redução do percentual, o rendimento da fintech segue acima da poupança. Este valor, inclusive, está acima do encontrado em empresas concorrentes, que oferecem rendimento de 110% do CDI.

Pelo site do PicPay, há informação de que o rendimento de 150% valerá, por enquanto, até dia 5 de maio deste ano. A fintech ressalta que este percentual pode ou não ser estendido após este prazo.

A fintech ressalta que poderá suspender ou encerrar a geração desses rendimentos, de forma temporária ou definitiva, sem aviso ou justificação prévia.

Ainda há possibilidade de alterar as condições, especialmente em relação à taxa aplicável ao rendimento. Apesar disso, o PicPay reforça que, caso isso ocorra, os clientes serão avisados.

Funcionamento rendimento de CDI no PicPay

Pelo PicPay, todas as pessoas com saldo em carteira de até R$ 250 mil na fintech conseguem rendimentos de 150% do CDI. Este valor rende, automaticamente, em todos os dias úteis. Todos os valores no aplicativo rendem, inclusive os cashbacks — até a data de expiração.

Assim como no Fundo Garantidor de Crédito (FGC), o dinheiro no PicPay também possui garantia, mas na forma de títulos públicos federais. Para o cumprimento os deveres obrigatórios, o valor da carteira é investido nestes títulos do governo.

O valor presente na carteira digital do PicPay está sujeito a incidência de tributos e eventuais custos. Apesar disso, estes são retidos pela fintech antes mesmo do valor ir para a carteira. Sendo assim o valor que estiver na carteira é totalmente do cliente.

Sendo assim todo valor presente na carteira, incluindo os rendimentos acumulados até o dia que o cliente decidir usar ou sacar, fica separado do patrimônio do PicPay.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.