FGTS emergencial de R$1.100 vai ser liberado esse ano? Descubra aqui!

Governo federal anuncia nova concessão pelo FGTS. Nas últimas semanas, representantes da equipe econômica informaram que os parlamentares estão trabalhando para autorizar uma nova rodada do saque emergencial. Se a proposta for aceita, a população terá direito de retirar até R$ 1.100 de seus fundos de garantia.

FGTS emergencial de R$1.100 vai ser liberado esse ano? Descubra aqui! (Imagem: Google)

Com a forte crise econômica do novo coronavírus, o governo federal vem buscando por alternativas para garantir a evolução do PIB Nacional. Entre as possibilidades em avaliação, há a chance de conceder um novo pagamento do saque emergencial pelo FGTS.

De acordo com fontes internas, a equipe econômica espera que a partir de junho os trabalhadores possam recorrer ao fundo de garantia para ter acesso a uma quantia extra. Com o valor em circulação, o governo aumenta o poder de compra e venda da população, o que significa a evolução de seus índices financeiros.

A proposta, no entanto, só será analisada e validada após a resolução do auxílio emergencial. A previsão é de que entre maio e junho os gestores públicos e a Caixa Econômica passem a dialogar para permitir uma nova rodada do programa.

Valores e critérios de inclusão

Se a medida for aceita, significa que o trabalhador terá o direito de retirar R$ 1.100 do seu FGTS. No entanto, a ação só poderá ser feita por aqueles que tenham um saldo registrado em conta.

É importante ressaltar que, diferentemente dos demais projetos de extensão de renda, não há um teto mínimo de renda para quem for ter acesso.

Em parceria com a Caixa, o governo deverá fazer os pagamentos no mesmo modelo de 2020, sob a utilização do Caixa Tem. A estratégia garante uma rotatividade nos indicativos da poupança nacional, o que resulta em bons números para a administração federal.

O calendário de pagamento permanecerá seguindo os mesmos modelos, com base nas datas de aniversário. Inicialmente, o trabalhador receberá a mensalidade pelo aplicativo e após 30 dias passa a ter a autorização de saque.

A retirada pode ser feita em qualquer caixa eletrônico vinculado a instituição ou através de transferência bancária para uma conta de mesma titularidade. Para mais informações sobre o FGTS fique de olho em nossa página.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA