Nova Odessa solicita atualização cadastral de beneficiados no Bolsa Família e cesta básica

Em Nova Odessa, interior de São Paulo, prefeitura solicita atualização de cadastros da população de baixa renda. Na última semana, a gestão municipal informou que os segurados do Bolsa Família ou que receberam cestas básicas entre janeiro e fevereiro deverão renovar seus dados no programa NOS (Nova Odessa Solidária). O procedimento é obrigatório e garantirá a concessão dos benefícios.

Nova Odessa solicita atualização cadastral de beneficiados no Bolsa Família e cesta básica (Imagem: Reprodução/Google)
Nova Odessa solicita atualização cadastral de beneficiados no Bolsa Família e cesta básica (Imagem: Reprodução/Google)

Diante da forte crise do novo coronavírus, as prefeituras estão aderindo aos seus próprios projetos de extensão de renda para a população menos favorecida.

Em Nova Odessa, os segurados do Bolsa Família estão sendo contemplados com salários e cestas básicas, além de terem acesso ao auxílio emergencial temporário desenvolvido pelo governo local.

Atualização dos cadastros

Para permanecer tendo acesso aos benefícios, a prefeitura solicitou que a população renovasse seus dados em seu Setor de Promoção Social. O procedimento passará a ser feito nesta quarta-feira (17) e se estenderá até o dia 31 de março.

O processo de atualização é simples, basta levar documentos de identificação pessoal do titular e sua família, comprovantes de renda e de endereço. A previsão é de que cerca de 1.166 passem pela triagem e permaneçam recebendo os benefícios.

É importante ressaltar que, a convocação só é válida para quem já está vinculado ao NOS. Isso implica dizer que não haverá um novo período de inscrição para a inclusão de novas famílias.

De acordo com a descrição da lei, já aprovada pela Câmara Municipal, “a Diretoria de Promoção Social fará o cruzamento de informações e dados familiares, a fim de evitar o recebimento de mais de um benefício pelo mesmo grupo familiar”.

Demais detalhes do programa

A gestão local explicou ainda que a ação objetiva garantir o direito de alimentação para as crianças mais vulneráveis. E, um maior tempo para que seus pais e responsáveis consigam arrumar outra forma de renda durante o período crítico da covid-19.

“Se a sua família está nestes dois grupos, a única coisa que você vai precisar fazer é validar seus dados na Promoção Social. Assim garantimos um apoio importante não para todas, como gostaríamos, mas para a maioria das famílias mais vulneráveis de Nova Odessa”, justificou o prefeito Cláudio José Schooder (PSD), o “Leitinho”.

O valor do auxílio emergencial local é de R$ 200 e o do Bolsa Família vem sendo concedido a partir de R$ 190. Já as cestas básicas apresentam os principais alimentos como feijão e arroz, entre outros, e produtos de higiene pessoal e do lar.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA