Dicas para contratar empréstimo consignado do INSS sem cair em golpes

A Câmara dos Deputados aprovou mudanças no limite de crédito consignado do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Com isso, os valores que serão tomados como margem para empréstimo consignado oferecido aos beneficiários vão aumentar de 35% para 40% da renda. 

Dicas para contratar empréstimo consignado do INSS sem cair em golpes
Dicas para contratar empréstimo consignado do INSS sem cair em golpes (Imagem: Google)

Isso será realizado para que incapacite o endividamento da população. O projeto exige um cuidado ainda maior das pessoas, para o controle financeiro, quanto para não cair em nenhum tipo de golpe. Já que a maior parte de reclamações dos beneficiários são sobre golpes e assédio de empresas do ramo para  oferecer esse tipo de crédito. 

Com a intenção de evitar problemas, o governo criou algumas medidas de combate a esses tipo de práticas. 

A primeira medida foi o bloqueio pelo período de 90 dias de benefícios recém-concedidos.

Foi criada ainda a plataforma “Não Me Perturbe”, que ajuda no bloqueio de números de telefone insistentes de telemarketing.

O que é empréstimo consignado?

Aqueles que possuem interesse em crédito consignado do INSS terão 30% do seu benefício comprometido e as taxas de juros máxima são de 1,8% ao mês, podendo ser parcelada em até 84 meses. 

Além disso, o aposentado ou pensionista terá acesso a um cartão de crédito consignado, que pode comprometer cerca de 5% da sua renda com uma taxa de juros de 2,7%.

Hoje, todos os bancos possuem convênios com o INSS para que seja oferecido empréstimos consignados. 

Como denunciar ligações abusivas?

Os segurados que tem recebido essas ligações podem realizar o pedido por meio do site Não Me Perturbe. 

O serviço foi criado para bloquear o número indesejado para esse tipo de oferta. O prazo para o bloqueio é de até 30 dias após a solicitação.

É necessário estar atento com golpes. Já que nesses casos, normalmente, os criminosos obtêm dados e informações como nome, CPF e o número do benefício para fazer o empréstimo. 

Após isso, eles realizam o saque do dinheiro e as parcelas são pagas pelo beneficiário.

Fique sempre atento ao seu extrato de pagamento do benefício, procurando por irregularidades e não forneça os seus dados para canais de atendimento não oficiais. Desconfie de links enviados por SMS, e-mail e whatsapp. 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.