Rede estadual de ensino em SP vai antecipar férias escolares na fase roxa

De 15 a 28 de março os estudantes da rede estadual de ensino em SP estarão em “férias escolares”. As escolas devem ficar abertas apenas para fornecer a merenda escolar e retirada dos chips que ajudam o estudante a acessar as aulas remotas.

Rede estadual de ensino em SP vai antecipar férias escolares na fase roxa
Rede estadual de ensino em SP vai antecipar férias escolares na fase roxa (Foto: Google)

A longa história das voltas às aulas presenciais em São Paulo ganhou mais um capítulo essa semana.

Quando o governador, João Doria, criou a “fase emergencial” de enfrentamento à Covid-19. Umas das ações previstas nela é a antecipação do recesso escolar de abril e outubro.

“Nós não estamos fazendo lockdown em São Paulo. É a fase emergencial, mais restrita e mais dura, mas não é lockdown”, afirmou o governador.

Vale lembrar que esses recessos já eram previstos no calendário escolar, mesmo que em outras datas. Então não dele haver prejuízo ao que estava estabelecido.

“O que a gente está falando é que a fase vermelha na Educação, nós temos um decreto próprio e continuamos com as mesmas regras. Então se a escola precisar fazer um atendimento presencial, seja ela da rede estadual, da rede municipal, da rede privada, ela poderá fazer a atividade. Nós não estamos mudando a regra de até 35% das escolas”, afirmou o Secretário estadual de Educação, Rossieli Soares.

Rede estadual de ensino em SP com escolas fechadas?

Mesmo em recesso, as escolas continuarão abertas. O governo não determinou o fechamento das unidades municipais e particulares. Mas sugere que essa atitude seja tomada, a decisão final cabe ao município.

Nesse período a rede estadual, por exemplo, deve continuar a ofertar a merenda escolar e fazer a distribuição do material didático impresso e dos chips de dados.

“As escolas estaduais seguem abertas, porque temos estudantes que dependem da merenda para a segurança alimentar. E quem puder, neste momento, fique em casa. Assim, vamos reduzir a circulação de pessoas, melhorando as condições para o retorno das aulas presenciais, após o período de recesso”, destaca o Secretário estadual de Educação.

Durante esse recesso, mesmo sem aulas, o Centro de Mídias da Educação de SP (CMSP) vai reprisar as aulas que podem ser assistidas pelos canais da TV Educação e TV Univesp, além do aplicativo do CMSP.

Fique bem informado, acompanhe a editoria de carreiras do FDR.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jamille Novaes
Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha como professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora da editoria de carreiras do portal FDR. Jamille utiliza sua experiência na área da educação para cobrir notícias sobre cursos, vestibulares, empregos e concursos.