Você pode desistir de receber sua aposentadoria do INSS seguindo ESTE passo a passo

Segurados insatisfeitos com o valor de suas aposentadorias podem desistir do benefício para obter reajustes. Com a reforma da previdência validada em novembro de 2019, a população brasileira passou a obter uma série de dúvidas quanto a concessão dos benefícios do INSS. Entre os questionamentos, está a possibilidade de cancelamento dos salários. Entenda mais abaixo.

Você pode desistir de receber sua aposentadoria do INSS seguindo ESTE passo a passo (Imagem: Google)
Você pode desistir de receber sua aposentadoria do INSS seguindo ESTE passo a passo (Imagem: Google)

A desistência da aposentadoria pode ser feita por qualquer cidadão vinculado ao INSS. Normalmente, a decisão é tomada quando o segurado percebe que o valor de seu salário ficou abaixo do esperado, desejando contribuir mais para que na frente possa ter um benefício mais alto.

Conforme explica o advogado João Badari, do escritório Aith, Badari e Luchin, a solicitação de desistência é possível, mas é preciso ficar atento para que não resulte em prejuízos ainda maiores.

— É preciso fazer as contas, considerando os salários de contribuição posteriores a 1994, para verificar em quanto o benefício aumentaria se o segurado continuasse recolhendo ao INSS por mais alguns anos. Planejamento é fundamental para perceber se vale a pena fazer isso ou sacar o benefício enquanto continua trabalhando —explicou Badari.

Observações sobre o pedido de desistência

Ao optar pelo cancelamento da aposentadoria o cidadão não pode ter usufruído de seu salário. Ou seja, nenhum valor recebido pelo INSS deverá ter sido gasto. Para quem contribuiu com o salário mínimo, o advogado explica que é melhor sacar e manter o benefício, tendo em vista que não há correções.

Já para quem contribuiu acima da quantia, o cálculo deve ser feito levando em consideração os redutores do benefício. Antes da reforma, a redução era feita a partir da menor idade e tempo de contribuição.

Após a reforma, o INSS aplica um cálculo onde o valor do benefício é de 60% da média dos salários de contribuição, mais 2% por cada ano que ultrapassar 15 anos de recolhimento, para as mulheres, e 20 para os homens.

Como desistir da aposentadoria pelo Meu INSS

  • Conecte-se no Meu INSS através dos seus dados de login e a senha
  • Selecione o ícone “Agendamentos / Requerimentos” e, em seguida, em “Novo requerimento”
  • No guia de busca (lupa na parte superior da tela) clique em “Pesquisar” e escreva a palavra “Desistência”
  • Anexe documentos que comprovem que o benefício não foi sacado.

 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.