Toque de recolher do Paraná proíbe circulação de pessoas a partir das 20h

Como forma de conter o avanço da pandemia do coronavírus, o Governo do Paraná fechou na última sexta, 26, os serviços não essenciais. O período do toque de recolher também foi ampliado e fica válido entre as 20h e as 5h. Estas medidas ficam em vigor até a próxima segunda, 8 de março.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade
Toque de recolher do Paraná proíbe circulação de pessoas a partir das 20h
Toque de recolher do Paraná proíbe circulação de pessoas a partir das 20h (Imagem: Geraldo Bubniak/AEN)

O aumento nos casos de covid-19 e como consequência, o aumento na ocupação de leitos nos hospitais de todo o estado, levaram a esta decisão do governo. Ficam suspensas também neste período as aulas em escolas e universidades públicas e particulares.

O governador Ratinho Junior (PSD), diz que a finalidade da decisão no estado é a de fazer um “freio de arrumação” até que mais doses de vacinas cheguem ao estado. “Nós estamos no pior momento deste um ano de enfrentamento da pandemia”, explicou.

publicidade

Confira as determinações no estado do Paraná 

  • Suspensão do funcionamento dos serviços e atividades não essenciais.
  • Proibição de circulação de pessoas em espaços e vias públicas das 20h às 05h.
  • Proibição de comercialização e consumo de bebidas alcoólicas em espaços públicos ou coletivos das 20h às 05h.
  • Suspensão de aulas presenciais em escolas, universidades e instituições estaduais públicas e privadas.
  • Adequação das jornadas dos trabalhadores aos horários de proibição provisória de circulação.
  • Atividades religiosas podem funcionar somente com atendimento individual ou culto on-line.
  • Regime de teletrabalho para órgãos do estado.
  • Permitidos entregas, drive-thru e take away.
  • Priorização da substituição do regime de trabalho presencial para o teletrabalho, quando for possível.
  • Suspensão das cirurgias eletivas por 30 dias para unidades públicas e privadas.
  • Intensificação da fiscalização do cumprimento das medidas.

Fiscalização 

De acordo com o secretário da Saúde Beto Preto, o toque de recolher foi retomado pois quando foi aplicado em dezembro, a medida teve sucesso. Ratinho Junior afirmou que a fiscalização do cumprimento do decreto será severa.

“Vamos impor multa para as pessoas que fizerem festas clandestinas e prisão. Isso será organizado e nós seremos extremamente rígidos com aqueles que não cumprirem o decreto, em especial se tratando de festa clandestina”, disse.

Vacina 

Na última semana, o Ministério da Saúde informou que o estado do Paraná deve receber cerca de 1,7 milhão de doses da vacina neste mês.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.