“Bolsa caminhoneiro” pode ser nova solução do governo para driblar alta no diesel

Para minimizar os impactos dos aumentos no preço dos combustíveis, o governo federal planeja criar o ‘bolsa caminhoneiro’, também nomeado de ‘voucher caminhoneiro’. A ideia é que a categoria consiga enfrentar o período de crise desencadeado tanto pela pandemia do novo coronavírus, quanto nas alterações da Petrobras.

"Bolsa caminhoneiro" pode ser nova solução do governo para driblar alta no diesel
“Bolsa caminhoneiro” pode ser nova solução do governo para driblar alta no diesel (Imagem: Google)

De acordo com a Folha de S. Paulo, o cálculo do benefício seria tirado a partir de uma média entre os quilômetros rodados e o consumo de diesel, de tal forma que o aumento no preço do combustível gerasse uma restituição do valor equivalente à tributação federal.

A possibilidade de criação do voucher levanta discussões e contrapontos. Enquanto uma parte acredita que a iniciativa é mais barata que uma possível isenção para a população, outra vê uma contradição na criação de mais um benefício quando a prorrogação do auxílio emergencial sequer foi votada.

Para a equipe bolsonarista, existe ainda a possibilidade de criação de um fundo com excedentes de royalties para pagar tanto a Petrobras quanto importadores quando, por ventura, houver oscilação nos preços dos combustíveis. Para o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, essa seria a única saída.

“Na minha visão, a solução para isso é se a gente conseguisse criar um fundo soberano com base nos royalties do petróleo, e este recurso, quando houvesse essas flutuações, fosse usado para amortecer os aumentos. Não tem outra solução fora disso aí”, disse Mourão.

A medida também recebe aprovação do ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, principal interlocutor do Palácio do Planalto com os caminhoneiros.

Já o Ministério da Cidadania, vê a proposta com uma certa dificuldade quando o assunto é a criação de novos benefícios. O projeto ainda não tem data para ser formalmente apresentado, votado e, quem sabe, aprovado.

A especulação a respeito da criação do ‘voucher caminhoneiro’ ocorre em meio à troca de gestão da Petrobras, que teve interferência direta do presidente da República, que nega.

“O que eu interferi na Petrobras? O que eu falei para baixar o preço [dos combustíveis]? Nada, zero”, se esquivou Jair Bolsonaro.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Isabela Veríssimo
Isabela Veríssimo é jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP) com passagens por redações, desde 2016, como o Diario de Pernambuco, Jornal do Commercio e Rede Globo. Atualmente dedica-se à redação de economia do portal FDR.