Golpe do FGTS fica mais perigoso após vazamento de CPF’s

Após o vazamento de dados de 223 milhões de brasileiros, identificado no mês passado, a população fica mais vulnerável a golpes. Devido à exposição de dados pessoais, como o número de CPF, o golpe do FGTS está mais suscetível de ser realizado por golpistas.

Golpe do FGTS fica mais vulnerável após vazamento de CPFs
Golpe do FGTS fica mais vulnerável após vazamento de CPFs (Imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Este alto número de pessoas que tiveram as informações expostas é maior que população brasileira atual. Isso se deve porque a lista engloba os dados de pessoas falecidas. A denúncia foi revelada pela empresa de segurança da informação Psafe.

Por conta do vazamento de dados de milhões de brasileiros, as fraudes ficam mais fáceis de serem feitas. Criminosos podem se passar pelas pessoas que tiveram as informações expostas.

Dessa forma, os criminosos poderão, por exemplo, efetuar o saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) de forma indevida.

Golpe do FGTS

Como forma de facilitar o acesso aos serviços bancários de forma remota, por conta da pandemia de covid-19, a Caixa Econômica Federal ativou contas digitais para uma parcela da população. Apesar desta praticidade, os golpistas poderão aproveitar este recurso para cometer o crime.

Ao utilizar o número de CPF e o nome dos trabalhadores, os golpistas realizam o cadastro no aplicativo Caixa Tem — por meio de um e-mail falso — e retiram o dinheiro. A quantia poderia, então, ser transferida para uma carteira digital criada por eles mesmos.

Pelo fato de que não há confirmação da identidade do usuário, os criminosos possuem mais facilidade de acessar o aplicativo.

Como se prevenir de golpes

Para que os clientes da Caixa tenham maior proteção, há a recomendação de conferir as informações sobre o FGTS somente por sites e links oficiais. A pessoa deve evitar informar os dados pessoais em outros sites e redes sociais. Caso receba algum link suspeito, a pessoa não deve clicar.

O trabalhador deve se atentar para baixar o aplicativo oficial do Caixa Tem — nas lojas dos sistemas Android e iOS. Qualquer informação apresentada, que seja desconfiável, a pessoa deve tomar precaução.

Como forma de diminuir as chances de sofrer um golpe digital é por meio da mudança recorrente das senhas pessoais. Para as contas digitais, é recomendado utilizar a ferramenta que possibilidade a autenticação das senhas por duas etapas.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.