Unicamp aplica provas da 2ª fase na próxima semana; confira local do exame

No dia 29 de janeiro, a comissão que organiza o vestibular da Unicamp (Convest) divulgou os locais onde serão aplicadas as novas provas da 2ª fase do processo seletivo. A prova está marcada para acontecer nos dias 8 e 9 de fevereiro.

Unicamp aplica provas da 2ª fase na próxima semana; confira local do exame
Unicamp aplica provas da 2ª fase na próxima semana; confira local do exame (Foto:Google)

Foram convocados cerca de 15.470 candidatos, e a universidade oferece 3.237 vagas em 69 cursos.

As avaliações vão acontecer em 17 cidades de São Paulo, e em cinco capitais de outros estados. 

A relação dos endereços onde deve acontecer as provas será publicada no site da instituição.

Serão usadas cerca de 715 salas nesta etapa, para que assim seja evitado os riscos de transmissão do novo coronavírus. Já que o número de infectados está em alta de 138% no comparativo com as 300 estruturas usadas na edição anterior do processo seletivo.

A prevenção contra a doença ainda vai incluir que sejam distribuídas cerca de  1 mil litros de álcool em gel durante a aplicação das provas, além do fornecimento de 3,5 mil máscaras para colaboradores, em cada dia. O espaçamento entre cada participante será de 1,5 metro, dentro e fora das salas.

Quais as cidades serão aplicadas a prova da Unicamp?

São Paulo: Bauru, Campinas, Guarulhos, Jundiaí, Limeira, Mogi Guaçu, Osasco, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São Bernardo do Campo, São Carlos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo e Sorocaba.

Outros estados: Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Curitiba (PR), Fortaleza (CE) e Salvador (BA).

De acordo com o diretor da Comvest, José Alves de Freitas Neto, apenas Campinas e São Paulo possuem,cada uma, mais de mil candidatos convocados para esta fase.

Sendo assim, os estudantes que realizaram as provas da 1ª fase em municípios mais próximos destas cidades foram remanejados.

Provas 

Cada uma das provas vai durar cinco horas e terá questões dissertativas: uma parte comum para todos os candidatos e outra diversificada, de acordo com a área de conhecimento do curso escolhido em 1ª opção – ciências biológicas/saúde, ciências exatas/tecnológicas ou ciências humanas/artes.

Cada pergunta tem dois itens, sendo que cada um vale 2 pontos. A ordem das provas será:

Primeiro dia – 8 de fevereiro

  • redação (composta por duas propostas de textos para que o candidato escolha uma);
  • língua portuguesa e literaturas de língua portuguesa, com 8 questões;
  • interdisciplinares em língua Inglesa, com 2 questões;

Segundo dia – 9 de fevereiro

Provas comuns a todos os candidatos:

  • matemática, com 6 questões;
  • interdisciplinar de ciências humanas, com 2 questões;
  • interdisciplinar de ciências da natureza, com 2 questões;

Provas de conhecimentos específicos, de acordo com a opção de curso:

  • área de ciências biológicas/saúde: 6 de biologia e 6 de química;
  • área de ciências exatas/tecnológicas: 6 de física e 6 de química;
  • área de ciências humanas/artes: 6 de geografia e 6 de história, incluindo filosofia e sociologia;

A primeira chamada dos candidatos vai acontecer no dia 10 de março.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.