Como a inflação impacta no valor dos produtos no mercado? Entenda relação!

A inflação gera um índice bem diferente de preço pago pelos consumidores brasileiros. Por exemplo, o arroz disparou em 70% no ano passado e o IPCA,que é a inflação oficial, fechou em 4,52% em 2020. Entenda qual a relação da inflação com o valor cobrado nos produtos do mercado.

Como a inflação impacta no valor dos produtos no mercado? Entenda relação!
Como a inflação impacta no valor dos produtos no mercado? Entenda relação!(Imagem: Bruno Domingos/Reuters)

Para começar precisamos entender que a inflação é uma média da variação de preços de produtos e serviços em um período de tempo. Sendo assim, alguns produtos sobem muito, outros mais ou menos, e alguns chegam até a cair.

Em 2020, os itens que mais variaram foram:

  • Arroz: +76,1%
  • Cerveja: +1,94%
  • Ônibus:+ 1,32
  • Cabeleireiro: -0,92%
  • Passagem aérea: -17,15%

Realizando uma média somando as variações dos produtos e dividindo por 5, que é quantidade, temos uma inflação deles de 12,2%.

Apesar disso, o cálculo realizado para saber a inflação é uma média ponderada, na qual é levado em conta também a importância do item na compra das famílias. Sendo assim, cada item tem um peso diferente no momento de realizar o cálculo.

A ponderação considera o item mais comum, mais consumido e que por consequência pode pesar mais no bolso dos consumidores brasileiros.

O coordenador de índices de preços da Fundação Getúlio Vargas, André Braz, disse que “Se a chupeta subisse 100% não seria justo fazer uma média simples, porque quantas famílias compraram chupeta? Quanto é o valor da chupeta frente a renda toda da família”.

Isso é apenas uma parte do cálculo que usa centenas de produtos e serviços para chegar a essa média.

Além disso, há diversos índices de inflação, feitos por diferentes instituições como a Faculdade Getúlio Vargas (FGV) e Fipe, além do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

As metodologias usadas por cada um é diferente também, com variações nos produtos pesquisados e no peso que é dado para cada um deles.

Alguns medem por grupos específicos, pois as compras das famílias variam com o perfil, faixa de renda e até a região onde moram.

As famílias pobres, gastam uma boa parte da sua renda com alimentos. As famílias com crianças possuem gastos maiores com educação, e as aquelas com idosos gastam mais com remédios e com plano de saúde.

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.