Governo de Campo Grande cria sistema drive-thru para vacinação da COVID-19

Campanha de vacinação contra o novo coronavírus ganha novos pontos de apoio em Campo Grande. Nessa semana, o secretário municipal de saúde, José Mauro, informou que está instalando 55 pontos para a imunização da pandemia. A ideia é que, além dos centros de atendimento convencionais, sejam ofertados também espaços no esquema drive-thru.

Governo de Campo Grande cria sistema drive-thru para vacinação da COVID-19 (Imagem: Reprodução/Google)
Governo de Campo Grande cria sistema drive-thru para vacinação da COVID-19 (Imagem: Reprodução/Google)

Há quase um ano vivenciando a pandemia, estados e municípios passaram a atuar fortemente na campanha de vacinação contra a covid-19.

Em Campo Grande, idosos entre 94 e 97 anos estão sendo medicados. Para otimizar o andamento das filas, um sistema drive thru foi elaborado.

Vacinação por automóvel

O novo espaço para a imunização da população passou a ser utilizado já nesta semana e vem priorizando exclusivamente os idosos. Para profissionais de saúde, a medicação vem sendo ofertadas nos postos.

Já nos estacionamentos os mais velhos devem receber a dose dentro do carro, sem correr risco de novas infecções.

Agora, nesse momento, por exemplo, chove e eles estão sendo vacinados cobertos dentro do próprio carro não precisa descer com equipe totalmente especializada da prefeitura”, exemplificou Mauro.

O gestor garantiu que por meio desse novo sistema será possível evitar aglomerações.

Além disso, reforçou ainda que o horário de chegada e saída precisa ser agendado através do site oficial do executivo municipal. A ação vem sendo realizada no Parque Airton Senna, no Bairro Aero Rancho.

Sobre a campanha de vacinação

Na cidade, atualmente há 18 unidades de imunização, sendo uma delas drive-thru. De acordo com a gestão pública, há uma expectativa de que até o dia 13 de fevereiro cerca de 18 mil pessoas sejam vacinadas, tendo todas elas mais que 80 anos.

Há ainda prioridade para os profissionais de saúde, pessoas idosas residentes em instituições de longa permanência; pessoas a partir de 18 anos de idade com deficiência, de residências inclusivas (institucionalizadas); e população indígena aldeada.

“Caso houver necessidade vamos ampliar os polos de vacinação. Vamos aumentar conforme os lotes forem chegando, quando conseguirmos lotes para jovens por exemplo, temos a opção do Guanandizão”, explicou.

A prefeitura informou também que até este sábado (06) deverão ser entregues novas doses da Coronavac.

Eduarda AndradeEduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.