Concurso PC do Distrito Federal ganha data para prova de escrivão e agente

As novas datas do concurso da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) foram divulgadas, nesta segunda-feira (1º). As seleções para agente e escrivão da corporação foram suspensas por causa da pandemia do novo coronavírus. Inicialmente, as provas estavam marcadas para 2020.

Concurso PC do Distrito Federal ganha data para prova de escrivão e agente
Concurso PC do Distrito Federal ganha data para prova de escrivão e agente. (Imagem: Divulgação Agência Brasília)

As novas datas são: 10 de abril, para os candidatos a escrivão e 11 de abril, para agente. Os concursos são organizados pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), as provas objetivas terão duração de 4 horas e 30 minutos e serão realizadas a tarde.

Mais informações sobre o concurso PCDF

O Cebraspe informou que os editais com as informações sobre locais e horários de realização das provas objetivas e discursiva serão divulgados no dia 1º de abril.

Os documentos também trazem orientações sobre as medidas de proteção contra a Covid-19 e demais datas do concurso.

O edital para escrivão foi publicado em dezembro de 2019 e prevê 300 vagas, com salários de R$ 8.698,78. A prova estava marcada para 15 de março de 2020. A seleção consiste em duas etapas iniciais: prova objetiva e discursiva e prova prática de digitação, além de avaliação física e psicológica.

O concurso para agente da Polícia Civil foi divulgado em julho de 2020 e as provas estavam previstas para 18 de outubro. O edital oferece 1,8 mil vagas, sendo 600 para preenchimento imediato e 1,2 mil para cadastro reserva.

O salário é de R$ 8.698,78. As vagas imediatas são divididas entre pessoas com deficiência (30), negros (12) e ampla concorrência (450).

Além da remuneração, os servidores da Polícia Civil do Distrito Federal têm direito a auxílio-alimentação no valor de R$ 458,00 e auxílio-saúde, por meio da Policlínica da PCDF, no valor de R$ 100 por membro da família.

Os candidatos para o cargo precisarão passar por provas objetivas, prova discursiva, avaliação médica e física e análise de vida pregressa. O conteúdo das provas inclui conhecimentos básicos do funcionalismo público e conhecimentos específicos de cada área.

O escrivão é o profissional responsável por controlar as atividades específicas de cartório na Polícia Civil. O agente também acompanha diligências externas, registra e providencia o recolhimento da prestação de contas.

Mônica ChagasMônica Chagas
Mônica Chagas Ferreira é mestranda em Letras pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) e formada em Jornalismo pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Como pesquisadora, estuda Análise do Discurso na perspectiva foucaultiana, contemplando relações de saber, poder e política presentes na mídia. Enquanto jornalista, já atuou em rádios e veículos impressos. Atualmente trabalha como assessora de comunicação e redatora do FDR.