Calendário do ProUni altera etapas do programa para edição de 2021

As inscrições já foram encerradas, mas as datas das próximas etapas no ProUni foram alteradas pelo MEC. Nesse primeiro processo seletivo, que usa a nota do ENEM, 162.022 bolsas de estudos estavam disponíveis.

Calendário do ProUni altera etapas do programa para edição de 2021
Calendário do ProUni altera etapas do programa para edição de 2021 (Imagem/Reprodução: Google)

O Programa Universidade Para Todos concede bolsas de estudo (parciais, 50%, ou integrais, 100%) para estudantes que comprovadamente não têm condições de pagar as mensalidades de um curso de graduação particular.

Os candidatos inscritos no ProUni 2021 precisam ficar atentos ao calendário do programa, pois as datas foram alteradas.

Novo Calendário do ProUni 2021

Com a mudança, os estudantes têm um prazo maior para a comprovação de informações. Confira abaixo todas as datas:

  • Comprovação de informações da 1ª chamada: até 3 de fevereiro
  • 2ª chamada: 8 de fevereiro
  • Comprovação de informações da 2ª chamada: 8 a 24 de fevereiro
  • Inscrição na Lista de Espera: 1º e 2 de março
  • Divulgação da Lista de Espera: 5 de março
  • Comprovação de informações da Lista de Espera: 8 a 12 de março

Como comprovar as informações do ProUni?

A comprovação de informações é destinada apenas aos candidatos que foram pré-selecionados no programa.

Os documentos necessários para a comprovação são:

  • Documento de identificação: RG, CNH, Identidade Militar, Registro Nacional de Estrangeiros (RNE), Passaporte (emitido no Brasil), Carteira do Trabalho e Previdência Social (CTPS);
  • Comprovante de Residência: Contas de energia, luz, água, gás, telefone, contrato de aluguel em vigor, boleto bancário, fatura, entre outros. Podendo estar no nome do estudante ou de membro do grupo familiar.
  • Comprovante de Renda: três últimos contracheques, declaração do imposto de renda (serve também para trabalhadores rurais), extratos bancários dos últimos 3 meses, guia de recolhimento do INSS, entre outros. Os professores estão excluídos dessa comprovação.
  • Comprovante de escolaridade: Documentos que comprovem a conclusão dos estudos em rede pública ou comprovem a condição de bolsista na rede particular. São aceitos também certificado de conclusão obtidos no ENEM, Encceja ou de exames de certificação de competência ou de avaliação de jovens e adultos estaduais.

Vale ressaltar que esses documentos devem ser entregues diretamente na unidade de ensino responsável pelo curso escolhido. Os comprovantes são tanto do estudante quanto de todos os membros do grupo familiar.

Caso o estudante não faça a comprovação, ele perderá a vaga, que será destinada à segunda chamada.

Continue bem informado, acompanhe a seção Carreiras do FDR.

Gostou do conteúdo? Siga @fdrnoticias no Instagram e FDR.com.br no Facebook para ver as últimas notícias que impactam diretamente no seu bolso e nos seus direitos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jamille Novaes
Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha como professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora da editoria de carreiras do portal FDR. Jamille utiliza sua experiência na área da educação para cobrir notícias sobre cursos, vestibulares, empregos e concursos.