Bares e restaurantes de SP voltam a funcionar quando? Governo já faz planos

O governo de São Paulo anunciou que o estado deve passar por uma fase mais restrita da quarentena até dia 7 de fevereiro. Para a definição sobre o possível funcionamento de bares e restaurantes de SP, entre outros estabelecimentos, o governo fará uma reavaliação na próxima sexta-feira (5).

Bares e restaurantes de SP voltam a funcionar quando? Governo já faz planos
Bares e restaurantes de SP voltam a funcionar quando? Governo já faz planos (Imagem: Rovena Rosa/Agência Brasil)

As novas restrições em São Paulo começaram nesta segunda-feira (25) e valem até o próximo dia 7. Foi determinado que os setores não essenciais fecham aos fins de semana. Sete regiões estão na fase vermelha e as demais estão na laranja.

No anúncio das novas regras para a quarentena, o governo paulista mostrou indicadores do aumento no número de infectados pelo coronavírus.

Os dados mostram que também houve alta em internações, óbitos e pacientes internados em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) por conta da covid-19.

Até esta quinta-feira (28), o estado de São Paulo registrou a marca de 283 mil infecções em janeiro. Este número é 120% maior que o registrado em todo o mês de outubro — com 130 mil novos casos.

Recentemente, a Secretaria da Saúde de São Paulo confirmou os primeiros casos da doença causados pela nova variante brasileira. A primeira identificação havia sido no estado do Amazonas. Diante desse cenário, a medida restritiva também busca evitar a propagação da nova ameaça.

Regras de funcionamento de bares e restaurantes em SP e outros estabelecimentos

Com as novas regras, as regiões de Barretos, Bauru, Franca, Marília, Presidente Prudente, Sorocaba e Taubaté estão presentes na fase vermelha do Plano São Paulo. Dessa forma, há determinação de fechamento de comércio e serviços não essenciais.

Essa fase vermelha permite somente o funcionamento normal em setores essenciais. Os demais serviços só poderão atender em esquema de retirada na porta, drive-thru e entregas por telefone ou aplicativo.

Já as regiões da Grande São Paulo, Araçatuba, Araraquara, Baixada Santista, Campinas, Piracicaba, Registro, Ribeirão Preto, São João da Boa Vista e São José do Rio Preto estão na fase laranja.

No entanto, estarão com restrições da vermelha em dias úteis, após às 20h, e integralmente aos fins de semana.

No caso da fase laranja, está autorizado o funcionamento de academias, salões de beleza, restaurantes, cinemas, teatros, shoppings, concessionárias, escritórios e parques estaduais, mas com algumas condições.

O funcionamento desses estabelecimentos está limitado a oito horas diárias, com atendimento presencial limitado a 40% da capacidade. O encerramento deve acontecer até 20h.

O consumo local em bares está proibido. A venda de bebidas alcoólicas no comércio varejista poderá acontecer somente entre 6h e 20h.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.