SEM arrecadação do IPTU RJ 2021, pagamento do 13° salário dos servidores está incerto

A Prefeitura do Rio de Janeiro segue sem anunciar o calendário de pagamento do 13º salário aos servidores que ainda não receberam o abono. Para o anúncio das datas, a prefeitura aguarda o resultado da arrecadação de impostos, como o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU RJ 2021).

Sem definição do IPTU RJ 2021, pagamento do 13° salário dos servidores está incerto
Sem arrecadar IPTU RJ 2021, pagamento do 13° salário dos servidores está incerto (Imagem: Florencia Potter/Pexels)

Para que o prefeito Eduardo Paes possa anunciar o pagamento do abono, as quantias recebidas durante o mês de janeiro serão importantes para sanar o problema. No início de janeiro, o prefeito havia afirmado que a prefeitura não possui dinheiro em caixa.

Ele alegou que o governo anterior deixou duas folhas de pagamento — o 13º e a folha de dezembro — descobertos. Diante dessa situação, Paes havia dito que essa questão seria “prioridade absoluta”.

No total, há mais de 100 mil funcionários da ativa, inativos e pensionistas aguardando o crédito. Segundo o Jornal Extra, há necessidade de R$ 935 milhões para quitar a dívida.

A Secretaria Municipal de Fazenda e Planejamento informou, em nota, que tem analisado a dívida da administração anterior. Dessa forma, poderá preparar um calendário de pagamento do 13º até o fim deste mês.

Na última quinta-feira (21) o secretário de Fazenda e Planejamento da Prefeitura, Pedro Paulo, afirmou que a nova administração possui 15 folhas de pagamento para este ano. Além disso, ele relata que o Rio não possui verbas para investimento e com serviços públicos sucateados.

Apesar da situação atual, Pedro Paulo alega que o governo não trabalha com a perspectiva de perda de direitos dos servidores. Ele ressalta que, assim que a situação fiscal esteja mapeada, o calendário de pagamento do 13º será publicado e seguido à risca.

IPTU RJ 2021

Para o IPTU deste ano, os contribuintes poderão quitar os valores em cota única, com desconto de até 7%. O imposto também poderá ser pago em 10 parcelas. O prazo da cota única e da primeira parcela está previsto para o dia 5 de fevereiro.

Como forma de reduzir os cofres públicos, o carnê passa a ser enviado em guia única. Anteriormente, o carnê era enviado pelos Correios.

O documento inclui dois códigos — um para pagamento da cota única e outro para a primeira parcela, caso prefira. Para ter acesso às parcelas seguintes, basta acessar o site Carioca Digital.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.