Detran-MG muda regras para emissão e retirada da CNH

Após uma decisão do Comitê de Orçamento e Finanças, a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e as Permissões para Dirigir (PPDs) que foram expedidas a partir do dia 8 de janeiro deste ano, não serão mais enviadas para os motoristas pelos Correios, segundo o Detran-MG.

Detran-MG muda regras para emissão e retirada da CNH
Detran-MG muda regras para emissão e retirada da CNH (Foto: Google)

Os documentos serão levados para as Delegacias Regionais de Polícia Civil e serão distribuídos para as Circunscrições Regionais de Trânsito (Ciretrans), no qual serão entregues pessoalmente aos condutores.

Para retirar a CNH, é necessário que o motorista apresente um documento oficial com foto, porém para a retirada é necessário que seja realizado o agendamento por meio do site do Detran.

As cidades que não possuem Ciretran, os documentos serão entregues pelos Correios nos endereços que foram cadastrados pelos motoristas.

CNH Digital 

Os motoristas podem obter o aplicativo de forma gratuita para IOS e Android.  A versão digital do documento é válida em todo o território nacional e pode ser acessada em até 5 celulares de forma simultânea. 

Os motoristas podem continuar com a versão física se preferirem, mas podem imprimir o documento digital nas folhas de ofício, sem necessidade de um papel especial.

Como baixar o aplicativo?

Primeiro,instale o aplicativo “CDT – Carteira Digital de Trânsito” no seu smartphone Android ou iOS.

Como cadastrar um usuário

  • Crie uma conta no aplicativo informando seus dados;
  • Faça o login no app Carteira Digital de Trânsito;

Como baixar a CNHe

  • Após o login, selecionar a opção “Habilitação”, em seguida selecionar 
  • “Toque aqui para adicionar a sua CNH”;
  • Não estando habilitado, o usuário deve optar um módulo de autenticação, são eles: “Validação pelo celular(Validação Facial), Certificado Digital (Portal de Serviços Denatran), Sem certificado digital (Validação de balcão do Detran).
  • Uma vez optado pela validação facial o usuário deverá:
    • Informar o CEP à época da emissão da CNH Física;
    • Efetuar a leitura do QR Code;
    • Realizar a Validação Facial, atendendo às solicitações do aplicativo;
    • Ao final da validação facial, informar o número do telefone;
    • Pronto, está disponibilizada a CNH digital em seu smartphone. Não esqueça de fazer o download do documento.

Para que possa ter a versão digital da CNH, é necessário que o documento tenha sido emitido a partir de 1º de maio de 2017.

Além disso o contribuinte deve preencher o cadastro, e escanear o QR Code localizado no verso da CNH de papel.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.