Prova de vida do INSS volta a ser obrigatória em breve; saiba como fazer

Pontos-chave
  • Prova de vida do INSS volta a ser obrigatória;
  • Segurados ganham acesso a nova plataforma digital;
  • Cancelamento do benefício pode ser questionado na justiça.

Segurados do INSS devem retomar a atualização de seus cadastros. Na última semana, o Instituto Nacional do Seguro Social informou que voltará a fazer a prova de vida a partir de fevereiro. O serviço estava suspenso desde o ano passado devido a chegada do novo coronavírus. Saiba como realiza-lo para não suspender seu benefício.

Prova de vida do INSS volta a ser obrigatória em breve; saiba como fazer (Imagem: Google)
Prova de vida do INSS volta a ser obrigatória em breve; saiba como fazer (Imagem: Google)

A prova de vida do INSS nada mais é do que a atualização do cadastro do segurado. Anualmente o órgão solicita que o cidadão vá até uma agencia bancária e apresente um documento oficial com foto para garantir o recebimento de seus benefícios.

Desde o ano passado, com a chegada do novo coronavírus, a atividade foi suspensa. A iniciativa visava reduzir os riscos de contaminação da doença, tendo em vista que a população registrada no INSS é considerada grupo de risco por ter mais de 60 anos.

Diante o entrave na atualização, ficou decidido que nenhum segurado poderia ter o benefício cancelado ou suspenso pelo atraso na prova de vida. Ao longo dos últimos meses a população permaneceu recebendo o benefício, enquanto a equipe do INSS trabalhava para digitalizar o procedimento.

Prova de Vida Digital pelo INSS

Juntamente com outras demandas, o INSS passou a otimizar seu aplicativo para que parte significativa de seus serviços passassem a ser resolvidos pela internet. No último trimestre do ano passado, o órgão passou a desenvolver a prova de vida digital.

Para fazer a atualização do cadastro o cidadão deveria se conectar ao aplicativo do Meu INSS e por meio do reconhecimento facial e exibição de um documento com foto estaria apto a renovar seus benefícios.

O procedimento passou a ser testado por um grupo especifico de modo que pudesse testar sua validade. A ideia do órgão, coma biometria facial, seria justamente permitir que a prova de vida fosse feita “sem a necessidade de o beneficiário sair de casa, através do seu dispositivo, do celular, do computador”, afirmou o secretário.

O projeto piloto ainda está em andamento e já atendeu cerca de 500 mil beneficiários que fizeram parte dessa fase de testes. A expectativa é que já a partir de fevereiro fique disponível para outros grupos.

Prova de vida do INSS volta a ser obrigatória em breve; saiba como fazer (Imagem: Google)
Prova de vida do INSS volta a ser obrigatória em breve; saiba como fazer (Imagem: Google)

Como fazer a prova de vida presencialmente?

Se realizada presencialmente, a atividade consiste na obrigatoriedade de o cidadão ir até uma agência bancária de seu interesse, podendo ser a mais próxima de sua residência. Ao chegar na instituição, deverá se direcionar até o atendimento previdenciário e aguardar a solicitação de seu chamado.

No guichê de atendimento, basta informar que foi realizar a prova de vida. Ao apresentar um documento oficial com foto, o funcionário deverá validar seu cadastro e libera-lo para mais 12 meses de pagamento.

No caso daqueles que possuem alguma deficiência e estão debilitados, é possível solicitar que um familiar faça o procedimento. Para isso o parente deverá assinar um termo que comprove o vínculo, elaborado este pelo INSS. O mesmo procedimento pode ser feito para quem estiver fora do país.

Não fiz a prova de vida, e agora?

Para quem não seguir o período de atualização, a partir de fevereiro, ficará sujeito a ter os pagamentos suspensos. O INSS só libera as mensalidades para os segurados que estivem devidamente atualizados.

Caso a suspensão seja feita, o segurado deverá entrar em contato com o órgão e pedir uma nova revisão de seus dados. O procedimento deve demorar em torno de 90 dias, podendo não ser resolvido, o que significa o cancelamento do benefício. Nesse caso, é possível ainda acionar a justiça para reverter a situação.

Benefícios garantidos por meio da prova de vida:

  • Aposentadoria da Pessoa com Deficiência por Idade
  • Aposentadoria da Pessoa com Deficiência por Tempo de Contribuição
  • Aposentadoria especial por tempo de contribuição
  • Aposentadoria por Idade Rural
  • Aposentadoria por Idade Urbana
  • Aposentadoria por invalidez
  • Aposentadoria por Tempo de Contribuição
  • Aposentadoria por tempo de contribuição do professor
  • Auxílio-acidente
  • Auxílio-doença
  • Auxílio-Reclusão
  • Benefício assistencial ao idoso e à pessoa com deficiência (BPC)
  • Benefício assistencial ao idoso
  • Benefício Assistencial: documentos originais e formulários necessários
  • Benefício assistencial ao trabalhador portuário avulso
  • Pecúlio
  • Pensão especial da síndrome da Talidomida
  • Pensão especial por hanseníase
  • Pensão por Morte Rural
  • Pensão por Morte Urbana
  • Salário-família
  • Salário-maternidade
  • Salário-Maternidade Rural
  • Salário-Maternidade Urbano
  • Seguro Defeso – Pescador Artesanal

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.