Calendário de vacinação do COVID-19: Veja quando será vacinado no Rio de Janeiro

A prefeitura do Rio de Janeiro divulgou na última segunda-feira (18) o calendário de vacinação do COVID-19. Os primeiros vacinados foram os trabalhadores de saúde que estão diretamente com pacientes com Covid, ou que estarão na campanha de vacinação.

Calendário de vacinação do COVID-19: Veja quando será vacinado no Rio de Janeiro
Calendário de vacinação do COVID-19: Veja quando será vacinado no Rio de Janeiro (Imagem: Reprodução/Google)

Na última segunda, o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, e o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, apresentou o calendário de vacinação do COVID-19 da capital. O anúncio foi realizado durante uma coletiva de imprensa no Palácio da Cidade.

As vacinas chegaram nesta quarta-feira (20), sendo assim, os profissionais da saúde já começaram a ser vacinados. Após esse grupo, também serão imunizados os idosos e pessoas com deficiência que vivem em abrigos.

O prefeito também comunicou que os funcionários que trabalham nos abrigos também serão vacinados, já que são considerados prioritários por estar trabalhando diretamente com os idosos desses estabelecimentos.

As novas fases acontecerão com a chegada de novas remessas da vacina na cidade. Dessa maneira, segundo o prefeito, o município irá seguir o Programa Nacional de Imunizações (PNI), do Ministério da Saúde.

Dessa maneira, o plano definido pelo Ministério da Saúde possui quatro grupos prioritários. A primeira fase será formada pelos profissionais da saúde, pessoas acima de 75 anos e indígenas. A segunda fase é destinada para as pessoas entre 60 e 74 anos.

A terceira fase é para as pessoas com mais de 18 anos que tenham as seguintes comorbidades: hipertensão de difícil controle, diabetes mellitus, doença pulmonar obstrutiva crônica, renal, cardiovasculares e cerebrovasculares, indivíduos transplantados de órgão sólido, anemia falciforme, câncer e obesidade grave.

A última fase de prioridades é para os professores, forças de segurança e salvamento e funcionários do sistema prisional. Sendo assim, a expectativa é que o Rio de Janeiro siga o mesmo plano.

Durante o evento o prefeito lembrou que o início da campanha de vacinação não significa que as medidas de prevenção e controle da doença irão terminar. “O início da vacinação não é o fim da pandemia”, declarou Paes.

Além disso, deixou claro que os cariocas não devem ir aos postos de saúde, pois as vacinas, neste primeiro momento, são destinadas aos profissionais da linha de frente e, portanto, serão levadas até os hospitais.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Glaucia Alves
Gláucia Alves é formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Atuou na área acadêmica durante 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, onde já acumula anos de pesquisa e experiência. Além de realizar consultoria de redação on-line.