Caixa TEM: Indenização do DPVAT, empréstimo de R$2 mil e financiamento imobiliário

Pontos-chave
  • O Caixa Tem inicialmente foi criado para pagar o auxílio emergencial;
  • O governo com a intenção de atrair mais clientes, está fazendo uso do aplicativo para outras funções;
  • Uma delas é o pagamento do DPVAT, empréstimo e até financiamento imobiliário.

O aplicativo Caixa Tem foi criado pelo governo para fazer o pagamento do auxílio emergencial, agora vai ser usado também para a liberação das indenizações por acidentes de trânsito. Sendo assim, o valor pago pelo Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT) vai estar disponível na poupança digital.

Caixa TEM: Indenização do DPVAT, empréstimo de R$2 mil e financiamento imobiliário
Caixa TEM: Indenização do DPVAT, empréstimo de R$2 mil e financiamento imobiliário (Imagem: Divulgação)

Essa mudança foi por conta de um contrato que foi firmado entre a Caixa e a Superintendência de Seguros Privados (Susep), que está vinculada ao Ministério da Economia.

Esse acordo define que a Caixa é responsável pela gestão de recursos do DPVAT, e do pagamento de indenizações por sinistros que aconteceram a partir do dia 1º de janeiro de 2021.

As solicitações de indenização podem ser realizadas nas agências bancárias nesta segunda-feira (18).

Além disso, a empresa afirma que logo menos, será liberado o aplicativo Dpvat Caixa, em que será possível enviar documentos pelo celular e realizar o acompanhamento da solicitação sem precisar ir até uma agência física.

Para as duas opções, o banco está planejando apresentar o resultado do pedido de indenização em até 30 dias.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
OPORTUNIDADE
imagem do cartão
Você foi selecionado para ter um cartão de crédito, sem anuidade hoje mesmo.
Faça sua aplicação!
277 pessoas solicitando no momento...

Se a solicitação for aprovada, o valor será liberado em nome da vítima do acidente ou dos seus beneficiários pela Poupança Social Digital no Caixa Tem.

Caixa TEM: Indenização do DPVAT, empréstimo de R$2 mil e financiamento imobiliário
Caixa TEM: Indenização do DPVAT, empréstimo de R$2 mil e financiamento imobiliário (Foto: Google)

O que é o DPVAT?

É um seguro obrigatório que é pago pelos motoristas para que as despesas médicas de rede privada sejam pagas quando surgirem acidentes de trânsito.

Essa indenização pode ser liberada nos casos de atropelamento, colisão entre veículos e colisão com obstáculos físicos como poste ou muro, em apuração de culpa.

O reembolso das despesas médicas, o DPVAT indeniza nos casos de morte ou invalidez permanente dos motoristas.

Esse dinheiro é liberado pelo seguro que  abrange motoristas, passageiros ou pedestres, brasileiros ou estrangeiros, que sejam vítimas do acidente. O acordo entre Caixa e Susep não muda as regras de indenização.

Financiamento imobiliário no Caixa TEM

O banco está concedendo linhas de crédito que vão inserir os brasileiros nas operações do Caixa Verde e Amarela.

Esse é o novo programa habitacional do governo vai substituir o Minha Casa Minha Vida, e o aplicativo vai simplificar as solicitações de pagamento.

De acordo com Pedro Guimarães, hoje, 85% do crédito imobiliário da Caixa é solicitado em localidades onde não há uma agência bancária, com isso, ao disponibilizar o atendimento pelo aplicativo, o banco prevê a antecipação da análise e aprovação dos pedidos. 

Empréstimo

O banco vai oferecer aos usuários uma “microfiança”, em que poderá ser emprestado valores entre R$500 a R$ 2 mil.

A ideia é oferecer empréstimo para mais de 10 milhões de brasileiros. As taxas de juros serão entre 1,5% e 2,5% ao mês.

Outras funcionalidades do Caixa TEM

O Banco quer conquistar mais público e decidiu aderir a novas funções até o ano de 2021. 

A ideia é fazer com que a Caixa tenha milhões de clientes e que o banco faça dinheiro vendendo produtos, já que a abertura e a movimentação de contas são e vão continuar sendo gratuitas.

A monetização e a fidelização são necessárias, pois o banco quer fazer uma oferta pública de ações do Caixa Tem.

Uma das primeiras novidades que foram incorporadas ao aplicativo foi o “Seguro Apoio Família”, que está disponível desde o mês de outubro na plataforma. 

Os correntistas da Caixa podem contratar o seguro para pagar o funeral. Esse seguro custa R$ 30 por ano e é válido para morte por qualquer causa, inclusive por Covid-19. 

Caso a morte seja acidental, o seguro também paga cesta básica por três meses e mais R$ 2 mil para ajudar o cônjuge ou o filho mais jovem. A contratação também dá o direito a concorrer a prêmios mensais de R$20 mil.

O seguro faz parte de uma gama de microsseguros que o aplicativo Caixa Tem vai oferecer. O banco está estudando oferecer seguros de saúde e de propriedade nos próximos meses dentro do aplicativo.

Esses produtos serão destinados para os trabalhadores que possuem baixa renda e que não tinham conta em banco e seguradoras. 

O custo e os prêmios serão baixos para que sejam produtos atraente para os clientes.

No mês de março do ano que vem deve chegar ao aplicativo a linha de microcrédito voltada à informais e microempreendedores formais (MEIs). A intenção é oferecer a cerca de 10 milhões de pessoas.

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.