C6 Bank está PROIBIDO de oferecer serviço de consignado por ESTE motivo

A Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), ligada ao Ministério da Justiça, determinou que o C6 Bank suspenda as operações de crédito consignado. A decisão aconteceu após o aumento no número de reclamações relacionadas aos empréstimos não contratados, e depósitos feitos nas contas sem autorização.

C6 Bank está proibido de oferecer serviço de consignado por este motivo
C6 Bank está proibido de oferecer serviço de consignado por este motivo (Imagem: Reprodução/Medium C6 Bank)

A Secretaria determinou que haja suspensão de qualquer contratação de consignado pelo banco. A única exceção são as contratações em que o interessado solicitar por escrito, conforme indicado pelo Valor.

A medida da Senacon engloba as transações feitas por meio eletrônico e também por correspondentes bancários. Caso a decisão não seja cumprida, haverá uma multa de R$ 100 mil para cada operação contratada de forma indevida.

Segundo informado pela Senacon, a maioria dos problemas relatados pelos consumidores foram com os idosos beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). O crédito consignado funciona com o desconto das parcelas do empréstimo diretamente na folha de pagamento.

Pelo período de agosto a novembro deste ano, o número de reclamações contra o C6 Bank aumentou mais de 1.900%. Neste tempo indicado pelos dados da Senacon, o volume passou de 90 para 1.811 queixas. Já no acumulado anual, houve 3.930 reclamações até novembro.

Um ponto indicado pela Secretaria foi que grande parte das contratações tem sido feito por correspondentes. Dessa forma, a mediação por empresas contratadas pela instituição acarretaria no aumento de riscos na contratação.

C6 Bank

O C6 Bank foi fundado por antigos executivos do banco BTG Pactual. Em 2017, o banco digital comprou o banco Ficsa — responsável pela venda de empréstimos consignados até agosto de 2020.

Neste mês, o C6 Bank havia anunciado o recebimento de um novo aporte financeiro. Como resultado, a instituição financeira passou a ser avaliado em R$ 11,3 bilhões. Ela possui mais de 4 milhões de contas abertas e está presente em 99,7% dos municípios do Brasil.

O banco digital possui cerca de R$ 5,3 bilhões em ativos totais. A carteira de crédito para as pessoas físicas e jurídicas passa a marca de R$ bilhões. A plataforma de pagamentos possui o volume transacionado em R$ 1,5 bilhão por mês.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.