Caixa confirma empréstimo para inscritos no auxílio emergencial; saiba como solicitar

A proposta da Caixa Econômica Federal é disponibilizar R$ 10 bilhões para microempreendedores que receberam o auxílio emergencial. Serão ao todo 10 milhões de beneficiários contemplados pelo serviço de empréstimo, caso necessitem para investir no seu próprio negócio.

publicidade
Caixa confirma empréstimo para inscritos no auxílio emergencial; saiba como solicitar
Caixa confirma empréstimo para inscritos no auxílio emergencial; saiba como solicitar (Imagem: Reprodução/Google)

Pedro Guimarães, presidente da Caixa Econômica Federal, confirmou a proposta de disponibilizar microcrédito aos beneficiários do auxílio emergencial após o fim da pandemia. O empréstimo será com juros reduzido e condições especiais.

No vídeo, divulgado no canal oficial do banco no YouTube, Guimarães voltou a lembrar sobre a criação da conta Poupança Social Digital e destacou que esse é o maior banco digital da América Latina com 105 milhões de contas.

publicidade

Guimarães também destacou que esse banco foi responsável pela bancarização de 35 milhões de brasileiros. É importante destacar neste momento, que esse número deve aumentar, pois os contemplados pelo Bolsa Família começaram a receber o benefício na conta digital.

Neste mês de dezembro, os beneficiários com o Número de Identificação Social (NIS) terminado em 9 e 0 já receberam o depósito na conta digital e já estão bancarizados. A proposta da Caixa é fazer essa integração de forma gradual para não congestionar a plataforma.

Dessa maneira, todos os meses, dois ou três grupos serão bancarizados e poderão usar todas as funções da fintech. Sendo assim, através do aplicativo Caixa TEM poderão fazer compras e pagamentos pelo cartão de débito virtual ou direto na maquininha do estabelecimento pelo QR Code. Veja mais informações:

Outra função é fazer transferência bancária para qualquer banco, inclusive outra conta da Caixa Econômica, sem nenhuma cobrança. O limite de cada operação é de R$ 600 e o limite diário é de R$ 1.200. E os usuários ainda podem fazer operações bancárias pelo PIX.

Além de todas essas funções, a proposta da Caixa é dispor de microcréditos para essa população, com o intuito de oferecer condições para os microempreendedores atingirem a mudança da condição financeira.

A proposta inicial pensada pelo banco é ofertar empréstimos de até R$ 1.000 com um prazo de pagamento que pode variar entre três e cinco anos. Além disso, o empréstimo terá juros mais baixos dos que já são cobrados no mercado.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Glaucia Alves
Gláucia Alves é formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Atuou na área acadêmica durante 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, onde já acumula anos de pesquisa e experiência. Além de realizar consultoria de redação on-line.