Banco Central divulga nova estimativa para TOMBO do PIB em 2020

O Banco Central atualizou sua projeção para o tombo da economia do Brasil em 2020 e agora estima uma queda de 4,4% no PIB (Produto Interno Bruto). A previsão consta no relatório de inflação divulgado hoje, 17.

Banco Central divulga nova estimativa para TOMBO do PIB em 2020
Banco Central divulga nova estimativa para TOMBO do PIB em 2020 (Imagem: Reprodução/Google)

A projeção anterior que foi divulgada no mês de setembro previa uma queda ainda mais acentuada no nível de atividade deste ano, da ordem de 5%.

O PIB representa a soma de todos os bens e serviços feitos no país, sem distinguir a nacionalidade de quem os produz e é utilizado para acompanhar o comportamento da economia do Brasil.

Segundo o BC, a recuperação da economia no mundo permanece dependente do avanço do coronavírus e que a “ressurgência da pandemia em algumas das principais economias tem revertido os ganhos na mobilidade e deverá afetar a atividade econômica no curto prazo, após a recuperação parcial ocorrida ao longo do terceiro trimestre”.

“No entanto, os resultados promissores nos testes das vacinas tendem a trazer melhora da confiança e normalização da atividade no médio prazo”, acrescentou o Banco Central.

O Banco do Brasil considerou que as dúvidas sobre como será o crescimento da economia permanece acima do normal, principalmente no final deste ano, concomitantemente ao esperado arrefecimento dos efeitos dos auxílios emergenciais.

Previsões do PIB para o próximo ano

O BC também baixou sua projeção para o crescimento da economia do país em 2021, de 3,9% para 3,8%. O banco informou que essa estimativa depende da desaceleração gradual da crise causada pelo coronavírus, à manutenção do ajuste nas contas públicas e o prosseguimento das reformas.

As atualizações para o PIB foram feitas durante a pandemia do coronavírus que paralisou por um período a economia do Brasil e causou uma recessão no país.

Porém, nos últimos meses, os indicadores indicam uma retomada da produção e das vendas e, os números oficiais mostram a saída da recessão.

  • No último mês, o governo brasileiro baixou de 4,7% para 4,5% sua previsão para a queda do PIB em 2020
  • Para o mercado financeiro, a economia sofrerá uma contração de 4,41% neste ano e um crescimento de 3,50% no ano que vem
  • O Banco Mundial estima uma queda de 5,4% no PIB brasileiro e o Fundo Monetário Internacional (FMI) prevê um tombo de 5,8% em 2020.
  • Em 2019, de acordo com os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o PIB cresceu 1,1%. Foi o pior desempenho em três anos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.