Calendário do auxílio emergencial de SP foi DIVULGADO; confira datas de pagamento

Moradores de São Paulo passam a receber as parcelas do auxilio emergencial municipal. Nessa semana, a Prefeitura da capital paulistana informou que estará beneficiando cerca de 480 mil famílias em situação de vulnerabilidade social. O pagamento de R$ 100 mensais poderá ser feito de forma acumulativa em três parcelas com o valor total de R$ 300 por segurado.

Calendário do auxílio emergencial de SP foi DIVULGADO; confira datas! (Foto: Google)
Calendário do auxílio emergencial de SP foi DIVULGADO; confira datas! (Foto: Google)

Se você reside em São Paulo e está sentindo os efeitos da forte crise do novo coronavírus, fique atento.

A prefeitura está convocando parte da população para receber os R$ 100 do auxílio emergencial municipal. Os valores começarão a ser depositados ainda nesta semana.

Quem tem direito ao auxílio emergencial de São Paulo?

Podem receber o benefício todos aqueles que estiverem registrados no programa Bolsa Família.

Além disso, a prefeitura estará pagando também para os comerciantes e ambulantes que tenham TPU (Termo de Permissão de Uso) vigente ou que estejam cadastrados no sistema “Tô Legal!”.

Calendário e ordem de pagamento

Para evitar aglomerações, o prefeito Bruno Covas e sua equipe organizaram as liberações tendo como base o número final do NIS.

O valor deverá ser enviado para as contas bancárias dos segurados que estão vinculados a Caixa Econômica Federal.

Calendário pelo final do NIS

  • 1 e 2 – Data do crédito: 09/12
  • 3 e 4 – Data do crédito: 10/12
  • 5 e 6 – Data do crédito: 11/12
  • 7 e 8 – Data do crédito: 14/12
  • 9 e 0 – Data do crédito: 15/12

Ainda é importante ressaltar que as pessoas com deficiência terão direito a um valor ainda maior de R$ 200 por parcela, totalizando R$ 600 nas três rodadas. No entanto, para quem tá vinculado ao BPC (Benefício de Prestação Continuada), não haverá participação.

Sobre o auxílio emergencial de SP

O auxílio emergencial municipal de São Paulo foi criado com a finalidade de reduzir os impactos do novo coronavírus.

A ideia é que juntamente com os valores do auxílio emergencial e do Bolsa Família a população de baixa renda possa se restabelecer nesse momento de crise.

Os pagamentos serão feitos por meio do Conta Fácil, Conta Poupança Fácil ou Poupança na Caixa.

Por fim, no caso daqueles que não tiverem registrados em nenhuma das plataformas será possível ainda solicitar o benefício através do Caixa Tem.

Gostou do conteúdo? Siga @fdrnoticias no Instagram e FDR.com.br no Facebook para ver as últimas notícias que impactam diretamente no seu bolso e nos seus direitos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.