IPVA MG soma dívida milionária em TRÊS cidades; saiba como quitar o pagamento

Na última terça-feira (1), a Secretaria de Estado de Fazenda (SEF) do estado de Minas Gerais anunciou informações referentes ao Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) para a população em 2021. As cidades de Araxá, Uberaba e Uberlândia somam uma dívida de quase R$ 370 milhões. Confira mais detalhes sobre o imposto para o ano que vem.

IPVA MG soma dívida milionária em três cidades; saiba como quitar o pagamento
IPVA MG soma dívida milionária em três cidades; saiba como quitar o pagamento (Imagem: Marta Wave/Pexels)

Apesar da dívida milionária das três cidades mineiras, a estimativa de arrecadação total é de valores acima de R$ 460 milhões. O imposto deve ser pago por 650 mil proprietários.

Pagamento do IPVA

O contribuinte terá a opção de efetuar o pagamento do imposto à vista, conforme a data de vencimento da respectiva placa, com desconto de 3%. Além disso, será possível pagar em três parcelas, nos meses de janeiro, fevereiro e março. Neste caso, a quantia mínima de parcelamento é de R$ 150.

O programa “Bom pagador” segue valendo, que oferece 3% de desconto para quem realizou o pagamento em dia das obrigações do veículo — em 2019 e 2020.

O pagamento já pode ser feito pela população, por meio dos terminais de autoatendimento ou guichês dos agentes arrecadadores, que são o Bradesco, Mercantil do Brasil, Caixa Econômica Federal, Casas Lotéricas, Mais BB, Banco Postal, Santander e SICOOB.

Para isso, basta informar o número do Renavam do Veículo. No caso do Banco do Brasil e Itaú, há possibilidade de pagamento somente aos correntistas. A emissão da guia de arrecadação do IPVA 2021 deve ocorrer pelo site da SEF.

Escala de vencimento

Segundo a Secretaria de Estado de Fazenda, a escala de pagamento do imposto para o ano seguinte inicia em 18 de janeiro e finaliza em 24 de março, conforme o final da placa.

Para os motoristas com veículos de placas finalizadas em 1 e 2, o vencimento da cota única/1ª parcela será dia 18 de janeiro. A 2ª e a 3ª serão, respectivamente, nos dias 18 de fevereiro e 18 de março.

As placas finais 3 e 4 possuem a data limite da cota única/1ª parcela para o dia 19 de janeiro. A 2ª parcela será até para 19 de fevereiro e a 3ª será com vencimento para 19 de março.

Em seguida, as placas finais em 5 e 6 possuem o limite para cota única/1ª parcela para 20 de janeiro. A 2ª e 3ª parcela possui a escala prevista para 22 de fevereiro e 22 de março, respectivamente.

Os veículos com as placas finalizadas em 7 e 8 apresentam a data da cota única/1ª parcela indicada para 21 de janeiro. A 2ª parcela será dia 23 de fevereiro e a 3ª será 23 de março.

Por fim, as placas finais em 9 e 0 possuem o prazo da cota única/1ª parcela para 22 de janeiro. Respectivamente, o prazo de vencimento da 2ª e 3ª parcela será para 24 de fevereiro e 24 de março.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.