Na Hora do DF libera inscrição presencial para CadÚnico, Bolsa Família, auxílio e MAIS

Governo faz novo chamado para inscrição em seus programas sociais. Aqueles que desejarem participar do Bolsa Família e demais ações públicas devem ficar atentos. No Distrito Federal, há chamadas em aberto para entrar no Cadastro Único (CadÚnico). Os interessados precisam recolher as documentações e seguir os procedimentos necessários.   

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade
Na Hora do DF libera inscrição presencial para CadÚnico, Bolsa Família, auxílio e MAIS
Na Hora do DF libera inscrição presencial para CadÚnico, Bolsa Família, auxílio e MAIS (Imagem: Google)

De acordo com o informe liberado pela Secretaria de Estado de Justiça e Cidadania do DF (Sejus) e pela Secretaria de Desenvolvimento Social do DF (Sedes), as entradas no cadastro único estão abertas.

Ao longo de todo o mês de dezembro a população poderá ir se registrar através das seguintes unidades do Na Hora:  

publicidade
  • Brazlândia 
  • Ceilândia 
  • Gama 
  • Sobradinho 
  • Riacho Fundo I 
  • Rodoviária do Plano Piloto 
  • Taguatinga 

Sobre o Cadastro Único 

Trata-se de um banco de dados do governo federal com a finalidade de fazer o processo de triagem para a concessão de benefícios. Uma vez inscrito, o cidadão passa a fornecer todos os seus documentos e demais registros de renda para assim se candidatar a uma vaga nos programas sociais, sendo eles: 

  • Programa Bolsa Família 
  • Programa Minha Casa, Minha Vida 
  • Bolsa Verde – Programa de Apoio à Conservação Ambiental 
  • Programa de Erradicação do Trabalho Infantil – PETI  
  • Fomento – Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais 
  • Carteira do Idoso; 
  • Aposentadoria para pessoa de baixa renda; 
  • Programa Brasil Carinhoso; 
  • Programa de Cisternas; 
  • Telefone Popular; 
  • Carta Social; 
  • Pro Jovem Adolescente; 
  • Tarifa Social de Energia Elétrica; 
  • Passe Livre para pessoas com deficiência; 
  • Isenção de Taxas em Concursos Públicos. 

Como se cadastrar 

O procedimento de cadastro é simples. Primeiro é preciso que se escolha uma pessoa da família para ser a responsável pelo registro, precisando ter ao menos 16 anos e residir na mesma casa.  

Depois é preciso ficar atento aos informes de renda. Quanto menor o valor recebido, maior a chance de se integrar nos projetos acima.

A conclusão da inscrição se dá mediante a apresentação da documentação abaixo, sendo necessário uma cópia de todas elas para cada integrante familiar: 

publicidade
  • Certidão de nascimento; 
  • Certidão de casamento; 
  • CPF; 
  • Carteira de identidade (RG); 
  • Certidão Administrativa de Nascimento do Indígena (Rani); 
  • Carteira de trabalho; 
  • Título de eleitor; 
  • Comprovante de residência. 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!