Auxílio doença volta a exigir perícia médica; veja COMO agendar seu horário

No dia 30 de novembro, acabou o prazo para solicitar a antecipação do auxílio doença pelo aplicativo ou pelo site do Meu INSS. A partir de agora, os segurados que fizerem a solicitação do benefício por incapacidade devem agendar a perícia presencial em uma agência.

Auxílio doença volta a exigir perícia médica; veja COMO agendar seu horário
Auxílio doença volta a exigir perícia médica; veja COMO agendar seu horário (Foto: FDR)

O INSS antecipou cerca de 1,1 milhão de benefícios por incapacidade temporária no período da pandemia. As pessoas receberam o salário mínimo, de R$1.045 por até quatro meses.

Essa antecipação foi paga aos segurados que enviaram o seu atestado médico pelo Meu INSS e tiveram o seu benefício concedido apenas com base nesse documento sem perícia médica presencial.

Ao todo 1.037 agências do INSS estão abertas no país, destas 438 oferecem a perícia presencial. 

Na terça-feira (1), 500 peritos que estavam realizando trabalho remoto deveriam voltar ao atendimento presencial, de acordo com a normativa do Ministério da Economia. 

Sendo assim, serão cerca de 1.900 peritos atendendo pessoalmente nas agências de todo o país.

Como agendar perícia médica pelo Meu INSS?

1) Acesse o site (meu.inss.gov.br) ou o aplicativo do Meu INSS. Informe o login e a senha

2) Selecione o ícone “Agendar perícia” na tela principal

3) Escolha a opção “Perícia inicial”

4) Confirme as informações cadastrais

5) Selecione a agência, o dia e o horário desejados

Auxílio doença

O auxílio doença é um benefício pago por incapacidade dos beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), recebem o auxílio doença se ficarem impedidos de trabalhar por conta de doença ou de acidente, por mais de 15 dias consecutivos.

Para poder receber o dinheiro, o segurado deve ter realizado contribuições para a Previdência Social pelo período mínimo de 12 meses. 

Porém, se o afastamento for por conta de acidente de trabalho, não é necessário que o trabalhador cumpra um período de carência. 

Quais os documentos necessário para a solicitação?

  • Documento de identificação oficial com foto, que permita o reconhecimento do requerente;
  • Número do CPF;
  • Carteira de trabalho, carnês de contribuição e outros documentos que comprovem pagamento ao INSS;
  • Documentos médicos decorrentes de seu tratamento, como atestados, exames, relatórios, etc, para serem analisados no dia da perícia médica do INSS (não é obrigatório);
  • Para o empregado: declaração assinada pelo empregador, informando a data do último dia trabalhado;
  • Comunicação de acidente de trabalho (CAT), se for o caso;
  • Para o segurado especial (trabalhador rural, lavrador, pescador): documentos que comprovem esta situação, como contratos de arrendamento, entre outros.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.