Procon-PB divulga VALOR da cesta básica em João Pessoa; resultado impressiona

Preço da cesta básica em João Pessoa está abaixo da cobrança em comparação com demais estados. Nessa semana, o Procon PB liberou uma pesquisa onde revela o valor dos insumos e alimentos de base na hora de fazer feira. De acordo com os dados, a compra total está com uma variação de 31,95%, sendo cobrada uma taxa de R$ 228,49. 

Procon-PB divulga VALOR da cesta básica em João Pessoa; resultado impressiona (Imagem: Google)
Procon-PB divulga VALOR da cesta básica em João Pessoa; resultado impressiona (Imagem: Google)

Com a crise do covid-19, os brasileiros estão sentindo na pele as elevações nos valores da cesta básica. Entretanto, enquanto no sudeste do país os insumos estão sendo vendidos por aproximadamente R$ 700, em João pessoa o preço varia entre R$ 195,13 e R$ 257,48.

Para esse grupo, as modificações representam uma diferença de R$ 62,35 a se considerar o período pré pandemia.  

Valores por produtos 

A contabilidade do Procon se deu a partir de 121 produtos tabulados e os valores são referentes aos dias 23 e 24 de novembro. Entre os itens mais caro está o quilo do feijão que foi acrescentado em 41,30%. Para esse produto o preço médio tem uma variação de R$7,99 e R$11,29.  

Já o arroz teve um reajuste de 40,09%. O parboilizado vem sendo vendido por R$ 4,99 ou R$ 6,99 a depender do bairro a ser adquirido. O café está com um acréscimo de 35% e sua cobrança final pode ser de R$ 3,89 ou R$ 5,29.  

Quem for comprar óleo de soja deverá pagar uma diferença de até R$3,80 por unidade já que o novo preço varia entre R$ 7,19, no Bessa, e R$ 10,99 em Cruz das Armas. O leite em pó está com uma variação de 72,78% sendo vendido por até R$ 11,79 

Na área de frutas e verduras o item mais caro é a batata doce com um reajuste de 132,53%. Já a banana pacovan foi acrescentada em 91,41%. Por fim, outro produto essencial na lista de todos é o álcool que ficou 150% mais caro. Seu litro vem sendo vendido por até R$ 24.  

Para acessar a lista completa de reajustes, basta entrar no site do Procon-PB. A cesta final contém os seguintes insumos: feijão carioca, arroz parboilizado, macarrão espaguete, açúcar cristal, flocão de milho, óleo de soja, café tradicional, leite integra, leite em pó integral, manteiga com sal, margarina com sal, ovos, frutas, legumes, coentro, batata doce, creme dental, sabonete, papel higiênico, álcool etílico e álcool em gel 70%. 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.