Empréstimo no Caixa Tem: Governo define regras para novo serviço da poupança digital

Usuários do Caixa Tem passarão a contar com linha de crédito especial. Atentos a possibilidade de gerar novo capital na Bolsa de Valores, os representantes da Caixa Econômica Federal estão trabalhando para ampliar a atuação de sua nova poupança digital. Segundo informações concedidas pelo governo, a plataforma passará a ofertar créditos e seguros para seus clientes. 

Empréstimo no Caixa Tem: Governo define regras para novo serviço da poupança digital (Imagem: Google)
Empréstimo no Caixa Tem: Governo define regras para novo serviço da poupança digital (Imagem: Google)

Desenvolvida com a finalidade de conceder pagamentos para o auxílio emergencial, o Caixa Tem está em expansão. A plataforma que atualmente opera apenas com serviços de pagamentos e transferências, passará a contar com uma linha de crédito específica para seus usuários.  

A ideia é que até 2021 todos os brasileiros cadastrados consigam ter acesso a financiamentos, créditos e empréstimos em condições especiais.

Para esse grupo, a Caixa almeja ofertar taxas de juros reduzidas e ampliar o número de pessoas inscritas. 

Como funcionará o crédito pelo Caixa Tem? 

A linha de microcrédito será voltada especificamente para pessoas informações e microempreendedores cadastrados como MEI. A ideia é que sejam ofertados até R$ 10 bilhões para aproximadamente 10 milhões de pessoas 

Cada cidadão poderá contratar um empréstimo de até R$ 1 mil, tendo as condições de pagamento e taxas de juros flexibilizadas. No entanto, quanto aos dados exatos desse serviço, o banco ainda não informou como funcionará e quais as cobranças, mas garantiu que está trabalhando para que estas sejam acessíveis a população de menor baixa renda.  

Há ainda uma previsão de ofertar crédito em quantias menores de cerca de R$ 100 e R$ 300 para todos os correntistas. Nesse caso, a contratação acontecerá de forma gratuita, sendo aplicada apenas os juros e prazo para pagamento em atraso.  

O aplicativo deve ofertar ainda outros produtos como títulos de capitalização e atualmente já conta com um seguro onde o cidadão consegue pagar um possível funeral. Nesse serviço há uma cobrança mensal de R$ 30 para o correntista durante um ano.  

Para morte acidental, o banco irá ofertar ainda cesta básica por três meses e um salário de R$ 2 mil para ajudar os familiares. Quem desejar obter mais informações basta entrar em contato com o SAC do próprio Caixa Tem. 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.