Caixa Econômica divulga criação de NOVO produto digital para 2021

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, divulgou durante uma coletiva nesta semana, a intenção da criação de um novo banco digital em 2021. A nova instituição financeira atuará separadamente da CAIXA e passará por processo de abertura de capital (venda de ações) no Brasil e no exterior.

Caixa Econômica divulga criação de NOVO produto digital para 2021 (Imagem: Divulgação/CAIXA)

Guimarães disse que o novo produto digital precisa passar pela aprovação do Banco Central e do Conselho de Administração do banco para que possa ser lançado, porém a expectativa é que isso aconteça em seis meses.

Segundo o presidente, a nova instituição já conta com 100 funcionários e já contará com a operação de 105 milhões de contas digitais abertas pela CAIXA.

“Estamos discutindo internamente. Há um consenso que esse é um ponto chave para o futuro da Caixa Econômica Federal. Já há uma conversa inicial no conselho de administração e algumas conversas no Banco Central”.

O novo banco digital vai ofertar três serviços, primordialmente:

  • pagamento de benefícios sociais;
  • liberação de microcrédito para, no mínimo, 10 milhões de clientes;
  • crédito imobiliário para famílias de baixa renda.

De acordo com Guimarães, no financiamento habitacional de baixa renda, são mais 5 milhões de clientes que terão o uso do aplicativo Caixa Tem, para o pagamento de boletos, contas, entre outros.

Segundo o presidente da CAIXA, a nova instituição já conta com 100 funcionários e iniciará operando 105 milhões de contas digitais (Imagem: Reprodução/Google)

Os benefícios sociais chegam para a população por meio da poupança social digital e os recursos são movimentados através do aplicativo Caixa Tem. Atualmente, o serviço é utilizado por 35 milhões de beneficiários.

Caixa Tem

O aplicativo foi criado pela instituição para os trabalhadores que não possuem uma outra conta bancária, ou que não apontaram uma conta para o depósito do Auxílio-Emergencial de R$ 600 oferecido pelo governo.

Por meio do app, o trabalhador tem acesso a algumas funções importantes ligadas ao benefício. Além disso, é possível acessar informações sobre outros benefícios e programas sociais, além de informações ao trabalhador como FGTS, Abono Salarial do PIS e Seguro-Desemprego.

No APP, o trabalhador pode escolher transferir o valor do Auxílio-Emergencial para alguma outra conta bancária, sua ou de uma outra pessoa.

Quem tem conta na CAIXA, também pode consultar saldo e extrato, fazer pagamentos e transferências de até R$ 600 por transação e até R$ 1 mil por dia.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.