Contestou o auxílio emergencial? Veja QUANDO vai receber parcelas represadas com novo calendário

O Governo divulgou o novo calendário de pagamentos para os cidadãos que contestaram o cancelamento do auxílio emergencial. O pagamento da primeira parcela começará a partir da próxima segunda-feira (30). O novo lote terá mais 122 mil novos beneficiários.

Contestou o auxílio emergencial? Veja QUANDO vai receber parcelas represadas com novo calendário
Contestou o auxílio emergencial? Veja QUANDO vai receber parcelas represadas com novo calendário (Imagem: Reprodução/Google)

O calendário de pagamento do auxílio emergencial do novo lote foi divulgado nesta sexta-feira (27). Esse grupo pertence aos que realizaram a contestação do benefício e tiveram o pedido reavaliado neste mês de novembro.

Dessa maneira, o novo lote é composto pelos seguintes públicos:

  • Quem fez a contestação por meio do aplicativo entre os dias 26 de agosto e 16 de outubro de 2020;
  • Quem fez a contestação por meio do site da Dataprev entre os dias 27 de julho e 19 de outubro de 2020;
  • Quem teve o pagamento reavaliado no mês de novembro.

Calendário de pagamento do auxílio emergencial

Segundo a portaria publica pelo Ministério da Cidadania no Diário Oficial da União o pagamento da primeira parcela no valor de R$ 600 começará a ser pago a partir do dia 30 de novembro até o dia 12 de dezembro, de acordo com o mês de nascimento.

O Ministério informou que o pagamento será por meio de depósito na conta Poupança Social Digital da Caixa Econômica Federal. A segunda, terceira, quarta e quinta parcela de mesmo valor serão realizados entre os dias 13 e 29 de dezembro.

É importante lembrar que com o valor em conta é possível fazer compras e pagamentos através do cartão de débito virtual, disponível no aplicativo Caixa Tem. Veja abaixo o calendário de pagamentos – crédito em conta:

Calendário de pagamentos da 1ª parcela:

  • 30 de novembro: nascidos entre janeiro e junho;
  • 2 de dezembro: nascidos em julho;
  • 4 de dezembro: nascidos em agosto;
  • 6 de dezembro: nascidos em setembro;
  • 9 de dezembro: nascidos em outubro;
  • 11 de dezembro: nascidos em novembro;
  • 12 de dezembro: nascidos em dezembro.

Calendário de pagamentos das demais parcelas:

  • 13 de dezembro: nascidos em janeiro e fevereiro;
  • 14 de dezembro: nascidos em março;
  • 16 de dezembro: nascidos em abril;
  • 17 de dezembro: nascidos em maio;
  • 18 de dezembro: nascidos em junho;
  • 20 de dezembro: nascidos em julho e agosto;
  • 21 de dezembro: nascidos em setembro;
  • 23 de dezembro: nascidos em outubro;
  • 28 de dezembro: nascidos em novembro;
  • 29 de dezembro: nascidos em dezembro.

Já os saques e transferências bancárias só estarão disponíveis a partir do dia 19 de dezembro e seguirá até o dia 27 de janeiro de 2021, seguindo também o mês de nascimento do beneficiário. Veja abaixo a tabela:

  • 19 de dezembro: nascidos em janeiro e fevereiro;
  • 4 de janeiro: nascidos em março;
  • 6 de janeiro: nascidos em abril;
  • 11 de janeiro: nascidos em maio;
  • 13 de janeiro: nascidos em junho;
  • 15 de janeiro: nascidos em julho;
  • 18 de janeiro: nascidos em agosto;
  • 20 de janeiro: nascidos em setembro;
  • 22 de janeiro: nascidos em outubro;
  • 25 de janeiro: nascidos em novembro;
  • 27 de janeiro: nascidos em dezembro.

Bolsa Família

Nesta sexta-feira (27), a Caixa está pagando a oitava e penúltima parcela do auxílio emergencial no valor de R$ 300 para os beneficiários do Bolsa Família que possuem o NIS (Número de Identificação Social) finalizado em 9.

Na segunda-feira (30), o pagamento da oitava parcela finaliza com os beneficiários que possuem o NIS terminado em 0.

 

 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Glaucia Alves
Gláucia Alves é formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Atuou na área acadêmica durante 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, onde já acumula anos de pesquisa e experiência. Além de realizar consultoria de redação on-line.