Caixa Tem libera o PIX para saque do auxílio emergencial ou FGTS? Entenda as regras

O PIX está funcionando no Brasil desde o dia 16 facilitando compras e pagamentos. Com o intuito de ajudar ainda mais os brasileiros, com uma parceria entre a Caixa e o Banco Central os beneficiários do auxílio emergencial podem usar o PIX para receber no Caixa Tem.

Caixa Tem libera o PIX para saque do auxílio emergencial ou FGTS? Entenda as regras
Caixa Tem libera o PIX para saque do auxílio emergencial ou FGTS? Entenda as regras (Imagem: Reprodução/Google)

O PIX foi o pagamento instantâneo criado pelo Banco Central que começou a ser usado no dia 16. Com ele é possível realizar pagamentos e transferências bancárias sem cobrança de taxa, em qualquer dia e horário, inclusive feriados e fins de semana.

Agora, os usuários do aplicativo Caixa Tem podem usar o PIX  para transferir o valor recebido do auxílio emergencial e do FGTS para qualquer outro banco, inclusive para outra conta da Caixa.

A ideia é incentivar os brasileiros a usar o dinheiro digital e evitar a aglomeração de pessoas nas filas de pagamentos nas agências.

Sacar o auxílio emergencial com o PIX no Caixa Tem

Os beneficiários do auxílio emergencial que não fazem parte do Bolsa Família possuem duas datas de pagamentos da ajuda financeira. A primeira corresponde à data do deposito em conta, no qual os usuários podem fazer compras e pagamentos usando o Cartão de Débito Virtual através do aplicativo Caixa Tem.

Os saques e transferências ficam disponíveis em outra data. A transferência também pode ser feita pelo aplicativo da Caixa sem nenhuma cobrança de taxa. Agora com a novidade do PIX você não precisa mais esperar tanto tempo para movimentar o dinheiro.

Para isso, basta cadastrar a chave PIX no aplicativo Caixa Tem que pode ser o CPF ou CNPJ, número de celular, e-mail ou um número aleatório. Depois dessa etapa basta realizar a transferência para outra conta.

PIX

O novo sistema de pagamento do Banco Central entrou em funcionamento no último dia 16, após um tempo de testes para verificar o seu funcionamento e alterar possíveis problemas encontrados pelos usuários.

O PIX é, sem dúvida, uma inovação na forma de pagamento brasileiro, já que com ele não será cobrado taxas de movimentações bancárias. Além disso, o serviço é instantâneo e pode ser feito a qualquer hora e dia, inclusive nos feriados e fins de semana.

Glaucia AlvesGlaucia Alves
Gláucia Alves, formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Foi professora por 7 anos. Esse ano começou a trabalhar como redatora e como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR e realiza consultoria de redação on-line.