Programa ‘Merenda em Casa’ ganha NOVA data de encerramento para alunos de SP

São Paulo continua com a permissão de que, alguns grupos de estudantes, retomem as atividades escolares de forma presencial. Agora, governo estadual acaba de noticiar que o programa Merenda em Casa deve continuar até o final do ano.

Programa 'Merenda em Casa' ganha NOVA data de encerramento para alunos de SP
Programa ‘Merenda em Casa’ ganha NOVA data de encerramento para alunos de SP. Imagem/Reprodução Google
publicidade

João Dória, governador do estado de São Paulo, acaba de anunciar que investiu R$ 350 milhões para prolongar até o final de 2020 o Programa Merenda em Casa.

Que visa oferecer o valor de R$ 55 às famílias mais carentes que possuem crianças e adolescentes em idade escolar.

O que é o Merenda em Casa?

Foi criado pelo governo estadual de São Paulo no inicio da pandemia. O programa tem a finalidade de ajudar as famílias carentes que possuem crianças e adolescentes em idade escolar e matriculados.

No programa, o dinheiro que seria destinado a merenda escolar das escolas estaduais é direcionado a essas famílias para que elas comprem as merendas em casa.

A ideia é que as famílias recebam o valor de R$ 55 durante o período em que as aulas presenciais estiverem suspensas, ou não forem obrigatórias.

Famílias que recebem até R$ 89 mensalmente por pessoa têm o direito a receber esse benefício.

Continuidade do Merenda em Casa em 2020

Já estamos nos aproximando do final de 2020 e a expectativa de que as aulas presenciais retornem 100% tem diminuído bastante.

Com isso, o governo, juntamente com a secretaria de educação percebeu que estender até o final de 2020 seria o ideal para essas famílias. Ajudando até mesmo a diminuir a evasão escolar.

Doria, ao anunciar a prorrogação do programa relembrou a importância dele para diversos lares brasileiros.

“Os estudantes mais carentes, em situação de pobreza ou extrema pobreza, recebem a oportunidade de fazer merenda em casa, recebendo R$ 55, para que possam comprar mercado e fazer consumo de alimentos necessários. Para que esse jovem tenha acesso à alimentação. Quero dizer que liberamos mais R$ 350 milhões para que esse benefício possa ser estendido até 31 de dezembro”, afirmou o governador.

Além do prolongamento do programa, também foi anunciado que outros grupos serão incluídos no Merenda em Casa. Sempre que essa necessidade for sentida pelos responsáveis.

Quer saber mais sobre a retomada da educação no Brasil? Então, siga acompanhando a editoria de Carreiras do FDR .

Jamille NovaesJamille Novaes
Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha com professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora da editoria de carreiras do portal FDR.