E-TÍTULO: JUSTIFICAR ausência do 1º turno AINDA é possível?

Os eleitores que não puderam comparecer ao 1º turno das eleições 2020 no último domingo (15), podem justificar a sua falta no aplicativo e-título. Mas os eleitores devem ficar atentos ao prazo e as regras para realizarem o processo. 

Eleições 2020: Justificar ausência no 1º turno ainda está disponível no e-título
Eleições 2020: Justificar ausência no 1º turno ainda está disponível no e-título (Foto: Google)

No dia da eleição, o aplicativo foi muito acessado e por isso ficou congestionado. Logo, muitos eleitores não conseguiram justificar a sua ausência na votação.

Aqueles que não justificarem a ausência dentro do prazo estipulado devem pagar multa para regularizar a situação.

A justificativa agora pode ser feito no aplicativo e-Título ou por meio do site do próprio TSE até 14 de janeiro, para ausência no 1º turno.

Como justificar ausência nas eleições 2020?

Site

  • O eleitor deve entrar no site justifica.tse.jus.br, plataforma digital criada especialmente para justificar o seu voto pelo navegador;
  • Em seguida, acesse ‘Iniciar requerimento de justificativa’;
  • Preencha todo o formulário com informações como o Título Eleitoral, nome e data de nascimento. Por fim, selecione a caixa ‘Não sou um robô’ para prosseguir;
  • Adicione seus dados pessoais como e-mail e telefone para contato no novo formulário;
  • Após completar outros dados como turno e qual eleição não vai poder participar, descreva em detalhes o motivo de não poder comparecer no dia da votação.

Aplicativo

  • Baixe a última versão do e-Título disponível para Android ou iPhone;
  • Preencha os campos necessários com os seus dados;
  • No sistema vai selecionar automaticamente algumas perguntas de segurança para confirmar a identidade do eleitor e vai pedir o cadastro de uma senha.
  • No e-Título, na tela principal, acesse ‘Mais opções’ no menu inferior e selecione ‘justificativa de ausência’;
  • Em seguida, selecione qual eleição deseja justificar na lista gerada pelo app;
  • Preencha o formulário com sua justificativa de ausência.

Os cidadãos que estiverem em débito com a Justiça Eleitoral, não poderão tirar ou renovar passaporte, receber salário ou proventos de função em emprego público, prestar concurso público e renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo.

E-titulo

O aplicativo oferece ainda outras funcionalidades e pode substituir o título de eleitor na hora de votar.

Aquelas pessoas que fizeram o recadastramento biométrico, só precisam inserir suas informações no aplicativo e levar o celular para votar. Não é necessário apresentar o título físico ou documento de identificação.

Os eleitores que ainda não fizeram a sua biometria também podem usar o aplicativo para votar, mas  precisam levar ainda um documento de identificação para a seção eleitoral, como identidade ou carteira de motorista.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.