Compra e aluguéis de imóveis devem ser um dos destaques na Black Friday 2020

Com a chegada da Black Friday, diversos setores comerciais poderão melhorar os resultados, apesar das dificuldades encontradas em 2020, por conta da pandemia. De acordo com um estudo feito pela Provokers, encomendado pelo Google, o setor de imóveis tem atraído o interesse das pessoas para a data.

Setor imobiliário deve ser um dos destaques na Black Friday deste ano
Setor imobiliário deve ser um dos destaques na Black Friday deste ano (Imagem/PhotoMIX Company)
publicidade

A pesquisa apontou que a categoria imóveis teve um aumento de 15% em importância para o consumidor na Black Friday, comparado ao mesmo período do ano passado.

O motivo para isso, segundo o Google, seria por causa de mudanças de prioridades sobre a casa na fase atual, de pandemia. Além disso, as condições para o financiamento imobiliário possuem capacidade de atrair mais pessoas para a categoria na data.

No mês de outubro, o volume de buscas por imóveis teve alta de 34%, na comparação com o mesmo mês do ano passado. Com relação às buscas sobre o tema, as pesquisas sobre aluguel tiveram aumento de 70%. A busca por compra e venda teve um registro ainda maior, de 73%.

“Com o distanciamento social, a relação com a casa trouxe muitos novos significados e necessidades funcionais: passou a ser o local de trabalho, estudo, exercícios e contínua atenção”, alega Gustavo Souza, diretor de negócios para Serviços do Google Brasil.

Além disso, ele afirmou que toda a intensidade criou uma necessidade de reinvenção do lazer.

“o que antes eram espaços de descompressão e diversão, como salas de estar e cozinhas, viraram home offices adaptados ou locais de constante trabalho e pouco descanso, o que levou os brasileiros a procurarem por imóveis com novas e ampliadas opções de lazer”, destaca.

Intenção de compra na Black Friday

Em outra pesquisa feita pela Provokers com o Google, foi apontado que 54% das pessoas participantes indicaram o interesse em realizar alguma compra na Black Friday. De cada 10 pessoas, 6 alegaram que deixaram de comprar algo recentemente para esperar pela data.

Antes de realizar as compras, as pessoas tendem a realizar pesquisas. Foi indicado que 82% das pessoas decidem pela busca online antes de fechar um negócio, independentemente do canal de compra.

AvatarSilvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.