13º salário: Dicas de COMO gastar o abono salarial durante a crise financeira

Milhares de brasileiros começam a receber a segunda parcela do 13º salário nesta semana. Com o fim do ano chegando, há muitas pessoas que passam a organizar as finanças e nesse processo contam com os valores extras do abono de natal. Se você vai utilizar a quantia, fique atento para evitar possíveis problemas tendo em vista a atual crise econômica que afeta o país.

13º salário: Dicas de COMO gastar o abono salarial durante a crise financeira (Imagem: Google)
13º salário: Dicas de COMO gastar o abono salarial durante a crise financeira (Imagem: Google)
publicidade

O 13º salário é uma oportunidade para muitos que desejam sair do vermelho. Além disso, quem deseja fazer alguma aquisição de um eletrodoméstico, por exemplo, pode utilizar a quantia para poder fazer uma compra sem precisar de serviço de crédito. No entanto, é preciso ficar atento para não ter problemas futuros.

Evite fazer investimentos

Tendo em vista o atual momento de crise mundial, é importante que você evite fazer investimentos. Com a instabilidade da bolsa de valores e demais ações do mercado, em caso de inexperiência a decisão poderá prejudica-lo. Só aplique a quantia recebida caso já acompanhe as alterações financeiras e esteja seguro de sua rentabilidade.

Priorize pagar as contas

O fim do ano com o abono é uma ótima oportunidade para sanar as contas em aberto. Se você está com boletos atrasados, aproveite a quantia para quita-los e assim evitar que seu nome esteja publicado no Serasa.

É válido ressaltar que estando em atraso, uma vez registrado, o titular passa a perder acesso a serviços de financiamento e mais.

Se for as compras, procure promoções

Para quem deseja fazer compras para cuidar da casa, é preciso ficar atento. Ao longo do mês de dezembro parte significativa dos produtos ficam ainda mais caros. Uma dica interessante é aguardar para o mês de janeiro, onde há uma maior oportunidade de descontos.

Pais devem organizar material escolar

Por fim, para os pais e responsáveis com estudantes em casa, o valor do décimo pode ser utilizado também como uma forma de antecipar as compras escolares. Nesse caso, em dezembro os produtos são mais baratos, tendo em vista que ainda não é o período de maior procura por cadernos e demais utensílios.

Eduarda AndradeEduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco e formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguagens. No mercado de trabalho, já passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de ter assessorado marcas nacionais como a Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.