2º Turno das eleições 2020: Veja QUAIS capitais precisarão de nova votação para eleger seu prefeito

O dia 15 de novembro deste ano foi marcado pelas eleições municipais em todo o Brasil – exceto no Amapá por causa do apagão. Neste dia, eleitores puderam escolher novos prefeitos e vereadores para gerenciamento de sua cidade. Porém, ao se tratar de capitais, é possível ver que a maioria enfrentará o segundo turno, que acontece no dia 29 deste mês.

2º Turno das eleições 2020: Veja QUAIS capitais precisarão de nova votação para eleger seu prefeito
2º Turno das eleições 2020: Veja QUAIS capitais precisarão de nova votação para eleger seu prefeito (Imagem: Tânia Rêgo / Agência Brasil)

O segundo turno nada mais é que uma nova votação entre os dois primeiros colocados. No caso das eleições municipais, serve apenas para o cargo da prefeitura – vereadores já foram devidamente eleitos.

Neste ano, enfrentam o segundo turno os seguintes candidatos por capitais:

São Paulo

  • Bruno Covas (PSDB): 32,85%
  • Guilherme Boulos (PSOL): 20,2%

 

Rio de Janeiro

  • Eduardo Paes (DEM): 37%
  • Marcelo Crivella (Republicanos): 21%

Vitória

  • Delegado Pazolini (Republicanos): 30%
  • João Coser (PT): 21%

Recife

  • João Campos (PSB): 29%
  • Marília Arraes (PT): 27%

Aracaju

  • Edvaldo (PDT): 45%
  • Delegada Danielle (Cidadania): 21%

Fortaleza

  • José Sarto (PDT): 35%
  • Capitão Wagner (PROS): 33%

João Pessoa

  • Cícero Lucena (PP): 20%
  • Nilvan (MDB): 16%

São Luís

  • Eduardo Braide (Podemos): 37%
  • Duarte Junior (Republicanos): 22%

Teresina

  • Dr. Pessoa (MDB): 34%
  • Kleber Montezuma (PSDB): 26%

Porto Alegre

  • Sebastião Melo (MDB): 31%
  • Manuela D’Ávila (PCdoB): 29%

Belém

  • Edmilson (PSOL): 34%
  • Delegado Federal Eguchi (Patriotas): 23%

Rio Branco

  • Tião Bocalom (PP): 49%
  • Socorro Neri (PSB): 22%

Manaus

  • Amazonino Mendes (Podemos): 23%
  • David Almeida (Avante): 22%

Porto Velho

  • Hildon Chaves (PSDB): 34%
  • Cristiane Lopes (PP): 14%

Boa Vista

  • Arthur Henrique (MDB): 49%
  • Ottaci (Solidariedade): 10%

Cuiabá

  • Abílio (Podemos): 33%
  • Emanuel Pinheiro (MDB): 30%

Goiânia

  • Maguito Vilela (MDB): 36%
  • Vanderlan Cardoso (PSD): 24%

Maceió

  • Alfredo Gaspar de Mendonça (MDB): 29%
  • João Henrique Caldas (PSB): 28%

Destaques do segundo turno

Entre as capitais que enfrentam o segundo turno, é possível destacar o Recife, que enfrenta uma guerra de primos entre João Campos e Marília Arraes, bisneto e neta de Miguel Arraes, respectivamente.

A diferença de votos entre ambos foi pequena e, agora, a luta é para conseguir virar a intenção de quem votou em outros candidatos.

Destaque também para Porto Alegre, que pode ter uma mulher no comando pela primeira vez na história, caso Manuela D’Ávilla seja eleita.

Em São Paulo, a surpresa foi para o alcance de Guilherme Boulos, no segundo lugar, superando Celso Russomano, que aparecia sempre bem colocado nas intenções de voto, mas ficou em quarto lugar no dia do pleito.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Isabela Veríssimo
Isabela Veríssimo é jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP) com passagens por redações, desde 2016, como o Diario de Pernambuco, Jornal do Commercio e Rede Globo. Atualmente dedica-se à redação de economia do portal FDR.