Black Friday 2020: Dicas importantes para EVITAR golpes durante as promoções

Mercado se prepara para a maior semana de vendas do ano. Na próxima sexta-feira (27), acontece a Black Friday 2020. Trata-se do evento mais esperado pelo comércio, tendo em vista a elevação nos índices de venda. Com a pandemia do covid-19, muitos consumidores deverão aderir as compras digitais. Abaixo, confira algumas dicas para não ter dor de cabeça com golpes.

Black Friday 2020: Dicas importantes para EVITAR golpes durante as promoções (Imagem: Google)
Black Friday 2020: Dicas importantes para EVITAR golpes durante as promoções (Imagem: Google)

Por ser um evento em grande escala, a Black Friday movimenta os mais variados setores. Eletrodomésticos, moda, beleza, entre outros já iniciaram as pré-campanhas com descontos imperdíveis. Para quem estiver listando os itens que deseja levar para casa, é preciso ficar atento as falsas promoções.

Faça pesquisa de preço

Uma das coisas mais importantes para os compradores da Black Friday é organizar uma lista com os produtos que deseja comprar e também pontuar os preços taxados entre mínima e máxima. Isso evitará com que você caia em falsos descontos e pague por um valor mais elevado.

Há marcas que semanas antes costumam aumentar as cobranças dos produtos para que durante o evento ‘diminuía’ em propaganda.

Tenha uma rotatividade entre as marcas

Outra observação importante é monitorar mais de uma marca. Evite polarizar suas compras em um único estabelecimento, uma vez em que isso diminui suas chances de obtenção de descontos. Ao fazer suas pesquisas, selecione sempre ao menos três empresas de confiança para comprar os produtos.

Avalia a credibilidade do vendedor

Não se pode esquecer também de observar a credibilidade da marca. Se informe se não há denúncias de fraude, acompanhe o SAC com os comentários e avaliações de outros compradores. Dados sobre o período de entrega, políticas de troca e reembolso também devem ser considerados.

Para compras digitais, evite carnês/boletos

Se você for fazer compras pela internet, a opção mais segura é o cartão de crédito. Ao fazer um pagamento em boleto, os procedimentos de devolução da quantia, em caso de fraude, são mais demorados e complicados. No cartão, sendo violado, você pode recorrer diretamente a instituição bancária e pedir uma suspensão da compra.

No entanto, não se esqueça de não deixar salvo seus dados bancários. Para marcas como o Nubank, por exemplo, priorize sempre a utilização do próprio cartão digital, evitando assim possíveis clonagens.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.