Pequenas empresas terão mais dificuldade em pagar 13º salário esse ano, diz pesquisa

A proximidade do mês de dezembro salta aos olhos dos profissionais por anunciar também a proximidade de recebimento das parcelas do 13º salário. Porém, por causa da crise provocada pela pandemia do novo coronavírus neste ano, tudo indica que o pagamento do salário extra para pequenos empresários será de dificuldade.

Pequenas empresas terão mais dificuldade em pagar 13º salário esse ano, diz pesquisa
Pequenas empresas terão mais dificuldade em pagar 13º salário esse ano, diz pesquisa (Imagem: Montagem / FDR)

Uma pesquisa realizada especificamente no estado de São Paulo registrou que seis em cada dez pequenas e médias empresas projetam dificuldades para quitar o 13º salário dos funcionários.

Em comparação ao ano passado, mais da metade acredita que este ano está mais complicado.

Um boletim de tendências do Simpi (Sindicato da Micro e Pequena Indústria do Estado de São Paulo), elaborado pelo Datafolha, mostra que 24% dos empresários do setor acreditam que será muito difícil pagar o abono natalino.

Maioria das categorias foi afetada

Nas pequenas indústrias, os índices são parecidos. Chegam a 33%. Em relação ao ano passado, 26% disse que a situação não era melhor, mas a mesma.

De acordo com o presidente do Simpi, Joseph Couri, a dificuldade atual desta categoria é uma combinação de fatores acentuados na pandemia da Covid-19.

“Primeiro, temos falta de dinheiro mesmo, pois o nível de acesso a crédito está muito baixo. Segundo, muitas empresas, sejam fornecedores ou clientes, faliram, fecharam ou estão em crise grave, o que resultou em uma quebra na cadeia de produção”, diz Couri.

Aldo Macri, presidente do Sindicato de Lojistas do Comércio de São Paulo (Sindlojas), representa 30 mil lojistas, especialmente no ramo de vestuário, que também sentem dificuldade nesta reta final do ano.

“Os lojistas estão em dificuldades financeira, foram muitos meses fechados, tem gente com dificuldade até para pagar salário –a engrenagem quebrou”, contou.

O presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes, Percival Maricato, disse que o 13º salário também passou a ser um problema para a categoria, que tem mais de 1 milhão de estabelecimentos no país.

“Mais da metade dos estabelecimentos não faturam nem 40% do resultado pré-pandemia, e donos dos locais, que concederam desconto, agora pressionam para voltar o valor do original do aluguel”, disse.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Isabela Veríssimo
Isabela Veríssimo é jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP) com passagens por redações, desde 2016, como o Diario de Pernambuco, Jornal do Commercio e Rede Globo. Atualmente dedica-se à redação de economia do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA