Crescimento do Nubank prejudica bancos tradicionais; Itaú é um dos mais atingidos

Atualmente, o Nubank é uma das instituições financeiras em maior crescimento na área. Somente no primeiro trimestre deste ano, aumentou em 6,3 milhões de clientes. No total, possui 26 milhões. Por conta de o Itaú ser o principal banco de mercado de crédito no país, tende a ser o mais atingido pela expansão da fintech, conforme relatado pelo UBS.

Crescimento do Nubank causa impactos em outros bancos tradicionais, como o Itaú
Crescimento do Nubank causa impactos em outros bancos tradicionais, como o Itaú (Imagem: Divulgação/Nubank)
publicidade

Na parcela total deste mercado de cartões, o banco Itaú corresponde a 31%. Por outro lado, o Nubank tem liderado entre as fintechs com foco no cartão de crédito. A participação de mercado tem sido de 5,1%. No quatro trimestre de 2019, a quantidade era de 4,3%.

Apesar das dificuldades encontradas recentemente, o Nubank teve o registro de prejuízo de R$ 95 milhões no lucro do primeiro semestre deste ano. Vale destacar que o registro negativo no segundo semestre de 2019 havia sido de R$ 173 milhões. Sendo assim, a instituição registrou menor perda no período.

O custo de aquisição de clientes teve baixa pela metade no período. Ou seja, houve menos gasto para aumentar o numero de clientes. A fintech teve alta de quase pela metade na carteira de empréstimos. A quantidade apontada foi de R$ 12,5 bilhões.

O semestre ainda indicou outros números expressivos, como valor de R$ 17 bilhões com relação aos depósitos em conta. No final do ano anterior, a quantia era de R$ 10 bilhões. Por cliente, a média foi de R$ 750.

Comparação com o Itaú

O UBS apontou no relatório que o Itaú tem um gasto de R$ 2.209 no cartão de crédito por cliente. Este valor é quase cinco vezes maior que o indicado ao Nubank — de R$ 468. Com relação à receita por cliente, o valor do Itaú foi de R$ 84. Para a fintech, foi mais de três vezes menor, com o valor de R$ 24 reais.

Além das dessas duas instituições, houve destaque para o Bradesco, Este banco, que possui 15% deste mercado de cartões teve a preferência do UBs. Isto se dá pelo setor de seguros na receita.

AvatarSilvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.