e-Título vai substituir documento em papel? Saiba o que providenciar para as eleições 2020

O primeiro turno das eleições está chegando e neste ano os eleitores poderão apresentar a versão digital do título de eleitor, o e-titulo. Ele permite que os eleitores tenham acesso aos dados cadastrais na Justiça Eleitoral.

e-Título vai substituir documento em papel? Saiba o que providenciar para as eleições 2020
e-Título vai substituir documento em papel? Saiba o que providenciar para as eleições 2020 (Foto: Google)

Para usar o aplicativo é necessário baixar ele no Apple Store ou no Google Play. Na validação e liberação do título digital, o eleitor vai inserir o número do seu título eleitoral físico ou o seu CPF.

Além de informações adicionais, como o nome, os nomes da mãe e do pai e a sua data de nascimentos. Após isso, o documento vai ficar gravado e disponível para o eleitor.

Após isso, o eleitor deve responder algumas perguntas de múltipla escolha, como “Qual seu local de votação?” e “Qual sua cidade natal?”.

Por fim, é preciso criar uma senha de seis dígitos para proteger o acesso ao aplicativo e ao título de eleitor.

O aplicativo e-título possuí funções que o título de papel não tem, como informações sobre a quitação eleitoral, dados sobre o cadastramento biométrico e o endereço do local de votação e até um mapa para o eleitor chegar onde vota.

De acordo com a Justiça Eleitoral, o aplicativo teve cerca de 20 milhões de downloads.

O título digital não tem a foto do eleitor, mesmo aqueles que realizaram o cadastro da sua biometria.

Por conta da falta de foto, é necessário levar um documento de identificação, como o RG ou carteira de habilitação (CNH), no local de votação para que os mesário chequem na votação.

Os eleitores podem emitir a certidão eleitoral para comprovar a sua regularidade de votação na Justiça Eleitoral. O documento é emitido pelo celular na opção “Mais opções”, que fica no canto inferior da tela.

Além disso, é possível fazer a “Justificativa de ausência”. O usuário deve, então, preencher qual eleição deseja justificar e depois digitar a justificativa e informar o e-mail pessoal

Como usar?

Depois de baixar o aplicativo no celular, é preciso inserir os dados pessoais como estão registrados no Cadastro Eleitoral. Caso haja discordância, o sistema não vai validar o cadastro.

O E-título permite que o eleitor emita sua certidão de quitação eleitoral e de crimes eleitorais. 

As certidões são emitidas por meio do QR Code, código que possibilita a leitura pelo próprio celular.

Jheniffer FreitasJheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.