Até quando posso sacar o FGTS emergencial? Veja prazos e regras

O governo criou o FGTS Emergencial para estimular a economia neste período de crise que foi causada pelo novo coronavírus. Os trabalhadores com conta inativa, ou seja, de empregos anteriores ou ativas, de empregos atuais, recebem no máximo R$1.045.

Até quando posso sacar o FGTS emergencial? Veja prazos e regras
Até quando posso sacar o FGTS emergencial? Veja prazos e regras (Foto: Google)

O pagamento é realizado por meio da poupança social digital da Caixa. Em um primeiro momento, o dinheiro só poderá ser movimentado no aplicativo Caixa Tem, para que sejam realizados pagamento e compras por meio do cartão de débito virtual.

Por meio do cartão é possível realizar compras pela internet em mais de mil sites e aplicativos.

Além disso, os beneficiários podem usar o dinheiro para pagar contas como de água e luz. 

Calendário do FGTS emergencial 

O calendário de pagamento segue a data de nascimento do trabalhador e o dinheiro será depositado na Conta Poupança Social Digital, aberta de forma automática pela Caixa para todos os cotistas.

Mês de nascimento Crédito em conta Data para Saque e Transferência
Janeiro 29 de junho 25 de julho
Fevereiro 6 de julho 8 de agosto
Março 13 de julho 22 de agosto
Abril 20 de julho 5 de setembro
Maio 27 de julho 19 de setembro
Junho 3 de agosto 3 de outubro
Julho 10 de agosto 17 de outubro
Agosto 24 de agosto 17 de outubro
Setembro 31 de agosto 31 de outubro
Outubro 8 de setembro 31 de outubro
Novembro 14 de setembro 14 de novembro
Dezembro 21 de setembro 14 de novembro

Como solicitar?

O trabalhador não precisa fazer nenhuma solicitação, o dinheiro é depositado pelo governo no Caixa Tem automaticamente.

Para usar a quantia, basta criar seu login no aplicativo e fazer o primeiro acesso. Em seguida, usufruir do saldo dentro das funções da poupança.

Como devolver o dinheiro?

A devolução do FGTS deve ser notificada à Caixa pelo menos 10 dias antes da data que o crédito vai ser depositado na poupança social.

Caso o trabalhador perca o prazo, esse crédito vai ser depositado, mas ainda assim é possível pedir pelo aplicativo o desfazimento do depósito. 

Ao fazer essa solicitação, os valores retornaram à conta do FGTS devidamente corrigidos. 

Se o desfazer do depósito não for realizado, o dinheiro permanecerá na conta social até o dia 30 de novembro de 2020. 

Depois dessa data, o valor será devolvido à conta do fundo com a devida remuneração no período.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.