Pandemia do COVID-19 alterou o comportamento de 58% dos consumidores na hora de fazer compras

Por conta da situação atual de mudanças na sociedade causadas pela covid-19, os brasileiros modificaram a forma de realizar aquisições. De acordo com um estudo realizado pela Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC) em parceria com a Toluna, durante esta fase da pandemia, 58% dos consumidores tiveram mudanças nos meios de pagamento durante as compras físicas.

Estudo indica que pandemia alterou a forma que 58% dos consumidores utilizam em suas compras
Estudo indica que pandemia alterou a forma que 58% dos consumidores utilizam em suas compras (Imagem: Karolina Grabowska/Pexels)

Foi apontado pelo estudo “Era da Experiência – Relações com Covid-19” que houve aumento na migração de consumo para os meios digitais. Isso acontece por conta do crescimento das compras pelo meio virtual e diminuição de aquisições em meio físico.

O resultado indicou grande satisfação com a forma digitalizada de consumo. Por volta de 91% dos consumidores demonstraram estar satisfeitos com a experiência de compra online. Este número foi dez pontos percentuais acima do resultado para as compras em comércios físicos.

Outro ponto levantado foi que 53% dos consumidores tiveram redução na ida ao supermercado e 55% realizaram ao menos uma compra mensal em meios online.

Uma forma de proporcionar momentos de lazer foi por meio da locomoção dentro de um veículo. O Serviço de Drive Thru foi utilizado por 54% dos consumidores que participaram do estudo. A participação de eventos em lugares abertos, o drive in, foi feita por 19% das pessoas.

“O ato de comprar continua tendo significados que vão muito além do abastecimento do lar. Mesmo durante a pandemia, o consumo continua sendo uma oportunidade de relaxar, socializar e entrar em contato com novidades”, afirma Eduardo Terra, presidente da SBVC.

Mudança digital

Além disso, o estudo revelou que 14% dos consumidores realizaram compras online pela primeira vez durante a fase da quarentena. Em longo prazo, a SBVC acredita que poderá haver transformações nas estratégias das empresas, por conta dessa migração ao meio virtual.

O varejo brasileiro está se digitalizando rapidamente. A pandemia quebrou a inércia do comportamento dos clientes, que inicialmente precisaram comprar online porque as lojas físicas estavam fechadas”, comenta.

Boa parte desse consumo continuará online, já que a experiência de compra tem sido considerada melhor que a das lojas. Avançamos anos em questão de meses. O Covid-19 vem sendo um catalizador de transformações para o varejo brasileiro”, prossegue.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.