Ibovespa Futuro abre o dia com oscilações em meio a preocupação com o coronavírus nos EUA

Na manhã desta sesta sexta-feira (30), o índice Ibovespa Futuro teve registros de variações positivas e negativas. A situação da covid-19 segue sendo observada pelos investidores. Estados Unidos segue apresentando altos números de casos.

Índice Ibovespa Futuro apresenta oscilações pela manhã diante de preocupação com o coronavírus nos EUA
Índice Ibovespa Futuro apresenta oscilações pela manhã diante de preocupação com o coronavírus nos EUA (Imagem: Markus Spiske/Unsplash)

Pela manhã de hoje, o índice Ibovespa para o mês de dezembro apresentou ligeira queda de 0,06%. A pontuação foi de 95.680 às 9h11, segundo o InfoMoney. Com relação ao dólar futuro para novembro, também houve diminuição, de 0,18%. A cotação foi de R$ 5,769.

No registro sobre os juros futuros, o DI para o início de 2022 teve recuo de três pontos-base a 3,45%. Para janeiro de 2023, a queda foi de três pontos-base a 5,01%. Da mesma forma, o DI para 2025 marcou queda de três pontos-base, mas a 6,75%.

Índices internacionais

Na Asía, houve recuo geral no fechamento de ontem. Na Coreia do Sul, o Kospi recuou em 2,56% a 2.267,15 pontos. Em Hong Kong, o Hang Seng diminuiu 1,95%, a 24.107,42 pontos. O Nikkei, no Japão, caiu 1,52%, a 22.977,13 pontos. O chinês Xangai Composto teve queda de 1,47%, a 3.224,53 pontos.

Pela Europa, houve registro de alta no fechamento em Frankfurt. O índice DAX aumentou em 0,32%, a 11.598,07 pontos. No entanto, o espanhol Ibex 35 recuou 0,97%, a 6.411,80 pontos. O PSI 20, em Lisboa, caiu 0,66%, a 3.863,20 pontos. Na Inglaterra, o FTSE 100 teve ligeiro recuo a 0,02%, a 5.581,75 pontos.

Pelos Estados Unidos, por outro lado, foi registrado aumento no encerramento dos grandes índices. Nasdaq aumentou em 1,64%, aos 11.185,59 pontos. O S&P 500 avançou 1,19%, aos 3.310,11 pontos. Já o Dow Jones teve alta de 0,52%, aos 26.659,11 pontos.

Coronavírus nos Estados Unidos

Além da preocupação com o cenário político nos Estados Unidos, por conta das eleições, os investidores seguem em tensão por conta do aumento de casos do covid-19. Por ontem, houve registro recorde de infectados diários desde o início da pandemia.

Segundo a Universidade Johns Hopkins, o número de casos foi de 91.290.
Com relação aos infectados no total, o país norte-americano chegou próximo a 9 milhões casos, com mais de 228 mil mortos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.