Ainda não recebeu o FGTS emergencial? Veja até quando você pode receber R$1.045

Pagamentos do saque emergencial deverão ser mantidos até o fim de dezembro. Nessa semana, a Caixa Econômica Federal liberou um novo balanço com os valores referentes ao FGTS. De acordo com a instituição, serão concedidos cerca de R$ 37 bilhões para aproximadamente 60 milhões de trabalhadores até o fim do cronograma do benefício. Abaixo, saiba os prazos máximos para saques e demais solicitações.  

Ainda não recebeu o FGTS emergencial? Veja prazos para limite (Imagem: Google)
Ainda não recebeu o FGTS emergencial? Veja prazos para limite (Imagem: Google)

Os valores do saque emergencial pelo FGTS começaram a ser concedidos ainda em junho e tiveram seus depósitos encerrados em setembro. Porém, o benefício está seguindo o mesmo modelo do auxílio emergencial, onde há a existência de dois calendários, um referente ao envio pelo Caixa Tem e outro para saques.  

As datas de saques ainda estão ocorrendo. Nesse momento, tem direito de retirar o benefício aqueles nascidos no mês de agosto. Já a partir deste sábado (31), o calendário começa a valer para os aniversariantes de setembro. Acompanhe:  

Calendário saque emergencial FGTS 

Mês de nascimento  Crédito em conta  Saque ou transferência 
Janeiro  29 de junho  25 de julho 
Fevereiro  6 de julho  8 de agosto 
Março  13 de julho  22 de agosto 
Abril  20 de julho  5 de setembro 
Maio  27 de julho  19 de setembro 
Junho  3 de agosto  3 de outubro 
Julho  10 de agosto  17 de outubro 
Agosto  24 de agosto  17 de outubro 
Setembro  31 de agosto  31 de outubro 
Outubro  8 de setembro  31 de outubro 
Novembro  14 de setembro  14 de novembro 
Dezembro  21 de setembro  14 de novembro 

Fonte: Caixa Econômica Federal 

Prazo para quem está com o benefício atrasado 

No caso dos segurados que ainda não tiveram nem ao menos o valor depositado no Caixa Tem, significa que há erros nos dados cadastrais. Desse modo é preciso, até o dia 31 de dezembro, corrigir as informações para poder ter acesso a quantia.  

“Os trabalhadores que ainda não receberam devem acessar o aplicativo FGTS, complementar os dados cadastrais e solicitar a abertura da conta Poupança Social Digital. O valor e a data do crédito são informados em seguida“, informa o banco. 

Quem desistiu de não receber 

Nesse caso, o trabalhador também deve fazer uma nova solicitação, pelo app do FGTS, até o dia 31 de dezembro. O procedimento é o mesmo já realizado e solicita os dados de identificação pessoal devidamente atualizados.  

“Caso o trabalhador tenha optado pelo não recebimento do Saque Emergencial do FGTS mas deseja receber o valor, a solicitação deverá ser feita até o dia 31 de dezembro de 2020”, esclarece a Caixa. 

Quem não quer ter acesso ao saque 

Por fim, para esse grupo basta não movimentar o valor depositado no caixa tem até o dia 30 de novembro. Depois desse período os recursos serão devolvidos à conta do FGTS e não poderão ser mais acessados por meio desse benefício. 

 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.