Saiba quais são os erros mais cometidos por quem está começando a investir

Por conta da facilidade em descobrir cada vez mais sobre o mercado financeiro, diversas pessoas estão se arriscando como novos investidores. Por meio de sites, cursos, vídeos, entre outros, o conhecimento é distribuído para todos, de forma mais simples. Porém alguns cuidados devem ser tomados para que o novato seja bem-sucedido ao investir.

Confira alguns dos erros cometidos por quem está começando a investir
Confira alguns dos erros cometidos por quem está começando a investir (Imagem: Pixabay)

Evitar tomar decisões equivocadas na fase inicial dos investimentos pode garantir mais estabilidade para o futuro. Descubra alguns dos principais erros de quem está nessa jornada em busca da estabilidade financeira.

Não se dedicar aos estudos

O primeiro erro é não se dedicar aos estudos do mercado da forma apropriada. Assim como em qualquer coisa na vida, será necessária dedicação para absorver os conhecimentos necessários. Na área de investimentos, não seria diferente.

Para um iniciante, muitos aspectos do mercado poderão parecer complexos. Caso não tenha noção sobre o que está fazendo, a pessoa poderá sentir grandes consequências negativas no futuro.

Não saber qual o seu perfil de investidor

Ao se ter maior conhecimento do plano geral, o principiante precisa conhecer seu perfil de investidor. Este possui relação com seus objetivos no mercado e sua personalidade. Ele vai de acordo com suas características diante de riscos e situações que te exigirão escolhas determinantes.

Há três tipos existentes — conservador, moderado ou arrojado/agressivo. O seu perfil pode ser descoberto por meio de testes, por exemplo. Neste caso, alguns aspectos serão analisados, como idade, renda, conhecimento e metas dentro da área.

Não gerir as emoções

Às vezes, a ansiedade em investir logo e ter grandes lucros faz com que o iniciante queira pular essa etapa, mas poderá ser um grande problema durante a caminhada.

A pessoa precisa ter em mente que o mercado varia bastante, e mesmo que esteja em uma boa situação, ela pode mudar em pouco tempo. Dessa forma, o novato precisa estar com “os pés no chão”, para que a ganância não seja determinante para o fracasso.

Não ter um método e desconsiderar os riscos

Há duas etapas a se considerar diante disso — a avaliação e a ação. Primeiramente, deve-se ter uma análise clara da situação existente, sem se levar pelas emoções. Em seguida, a estratégia poderá ser aplicada.

Uma possibilidade para diminuir a possibilidade de perda é a diversificação dos investimentos. Os riscos existem e, caso a pessoa fique presa a uma forma de pensar, poderá resultar em perdas. Por isso, seria importante estabelecer métodos de acordo com as possíveis mudanças no mercado.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do FDR produzindo conteúdo sobre economia.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA